Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Setembro de 2019

0 9
:
5 6
:
1 4

Notícias / Política

4 Set 2019 - 10:00

PSL diz que saída é "precipitada" e trabalha para manter Selma

Segundo Silvio Fávero, líder nacional do partido fará reunião para tentar segurar a senadora

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

 (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

Publicidade

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL) classificou como precipitada a possibilidade de a senadora Selma Arruda migrar do PSL para o Podemos.

 

Nas últimas semanas, informações dão conta de que a parlamentar estaria insatisfeita com o apoio que tem recebido dentro do PSL, em especial diante do recurso ingressado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a fim de tentar reverter a cassação do seu mandato por caixa 2 e abuso de poder econômico, ocorrido em abril deste ano.

 

Em conversa com o MidiaNews, Fávero disse que conversou a colega de sigla e pediu para que ela não se desfilie.

 

“É uma decisão precipitada, no meu ponto de vista. Falei isso para ela. Não está sendo só ela com dificuldade. Ele [Jair Bolsonaro] é presidente da República e tem que cuidar de todo mundo. Mato Grosso é pequeno perto de outros Estados, mas não quer dizer que ele não está dando atenção. Quantas vezes já veio ministro para cá? Mas temos que ter paciência”, afirmou.

 “O problema é que ela não está tendo um pouco de acesso ao nosso presidente, divergências partidárias, ideologias, coisas nesse sentido. Então, ela falou para mim que já se reuniu com o pessoal do Podemos e há a possibilidade de ela ir para lá. Ela vai ter uma reunião com o Álvaro Dias, Renata Abreu e José Medeiros, para definir. Não sei se ela pode voltar atrás, mas se fosse hoje, diria que ela já está no Podemos”, acrescentou.

 

Apesar disso, Fávero afirmou que o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, deve trabalhar para manter a senadora na sigla.

 

Uma reunião nesta semana deve ter como pauta a manutenção de Selma e do também senador Major Olímpio (PSL-SP).

 

“Eles devem se movimentar. Ele [Bivar] disse para nós que para o PSL não é vantajoso. Ela vai para o Podemos continuar fazendo base com o Bolsonaro, mas não seria do partido. Eles vão ter uma reunião em Brasília nesta semana, mas é bem difícil”, disse.

 

“Ele [Bivar] disse para mim que vai fazer de tudo para não deixá-la sair, porque não podemos perder uma senadora em início de mandato. Ele falou isso para mim. Isso depende dela, mas o partido vai trabalhar para não deixá-la sair. Todos querem que ela fique. Mas é difícil, quando a pessoa não quer mais. Aí não tem jeito, igual a um casamento”, completou.

 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet