Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 15 de Setembro de 2019

1 3
:
5 1
:
3 5

Últimas Noticias

Internauta AN

Notícias / Geral

9 Set 2019 - 16:41

Federação e espólio de ex-presidente terão que devolver R$ 183 mil

Determinação se refere a falhas em convênio firmado com Fundo Desportivo do Estado de Mato Grosso

Mídia News

O conselheiro interino do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Luiz Henrique Lima

O conselheiro interino do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Luiz Henrique Lima

Publicidade

O Tribunal de Contas do Estado julgou irregulares as contas prestadas no processo de tomada de contas especial, em razão das impropriedades na prestação de contas do Convênio nº 027/2007, firmado entre o Fundo Desportivo do Estado de Mato Grosso e a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF).

 

O Tribunal de Contas de Mato Grosso determinou a restituição ao erário de R$ 183.086,45, devidamente atualizados a partir de 30 de abril de 2014 sob a responsabilidade solidária da Federação Mato-Grossense de Futebol (FMF) e do espólio do ex-presidente, Carlos Orione (falecido em 2016).

 

O processo foi relatado pelo conselheiro interino Luiz Henrique Lima, cujo voto foi acolhido por unanimidade na sessão ordinária da Primeira Câmara de Julgamentos do dia 4 de setembro.

 

A tomada de contas foi instaurada pela Secretaria Executiva do Núcleo de Cultura, Ciência, Lazer e Turismo, em cumprimento ao Acórdão nº 3.174/2009 do Tribunal de Contas que identificou irregularidades na prestação de contas do Termo de Convênio nº 027/2007, pela Federação Mato-grossense de Futebol, à época sob a presidência de Carlos Orione, cujo objeto foi a realização da "IV Copa Mato Grosso sub-17", no valor de R$ 379.800,00.

 

A Comissão de Tomada de Contas verificou a apresentação de notas extemporâneas, notas com indícios de falsificação e notas com indícios de adulteração, manifestando pela necessidade de restituição ao erário no valor de R$ 183.086,45.

 

Assim, o relator, além de determinar a restituição propôs o encaminhamento de cópia dos autos ao Ministério Público Estadual para as providências cabíveis.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet