Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Setembro de 2019

0 9
:
1 6
:
3 9

Notícias / Geral

10 Set 2019 - 11:32

Jornalista que atuou em Confresa e Porto Alegre do Norte é ameaçado e teme por sua segurança

Apesar da ameaça recebida, o jornalista não interrompeu o seu trabalho, apesar de se preocupar com a situação.

Portal Sorriso

Agência da Notícia/Reprodução

 (Crédito: Agência da Notícia/Reprodução)

Publicidade

Dono de um site cuja sede é em Matupá, o jornalista Leandro Lima do Nascimento, de 31 anos, teve sua vida revirada nessa semana ao encontrar um bilhete com ameaças em seu veículo de trabalho logo após sair de um evento no município vizinho, em Peixoto de Azevedo. 

No bilhete consta a seguinte mensagem: “segue um conselho, acidentes acontecem todos os dias, drogas podem aparecer misteriosamente dentro de veículos, balas perdidas podem acertar alguém. Fica esperto. Mortes ocorrem todos os dias. Então, tome cuidado com as matérias que você divulga no seu site insignificante. Avisa que amigo é, um forte abraço”.

O jornalista não sabe quem possa ter deixado o bilhete ameaçador no último domingo (8), mas suspeita que seja em virtude de algumas matérias polêmicas publicadas recentemente em seu site, Olhar Cidade, que tratam sobre desapropriações feitas pela Prefeitura de Matupá e uso de maquinários da Prefeitura de Guarantã do Norte.

“O jornalismo é vitrine dos problemas da sociedade, desde tráfico de drogas a situações de interesse público. Então, é difícil saber quem foi. A matéria mais polêmica recentemente foi das “limpezas” de chácaras pela prefeitura em Matupá, o que chateou algumas pessoas. Mas não temos certeza se tem ligação”, disse Leandro ao Portal Sorriso.

Apesar da ameaça recebida, o jornalista não interrompeu o seu trabalho, apesar de se preocupar com a situação. “Quem mais sofre, nesses casos, é a família que fica apreensiva com toda a situação. Isso atrapalha no desempenho. Continuamos trabalhando normalmente, claro que tomando mais cuidados, olhando antes bem de atravessar uma rua, verificando o carro se não tem nada, prestando atenção se ninguém está nos seguindo na rua”.

Além de registrar boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Judiciária Civil de Matupá nessa segunda-feira (9), Leandro comunicou o caso ao Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso.

Segundo ele, o presidente da entidade, Itamar Perenha, informou que tomará as providências cabíveis.

Leandro Nascimento já trabalhou em veículos de comunicação de Confresa e Porto Alegre do Norte. E em outra ocasião teve sua residência revirada, além de sofrer ameaças quando residia em Porto Alegre do Norte.

O jornalista fez um desabafo em uma de suas redes sociais. Leia abaixo:

Eu estava trabalhando, em pleno domingo, enquanto muitos estavam curtindo o seu final de semana. Porque trabalhar dignifica o homem. Quando saí do evento onde estava em Peixoto de Azevedo-MT, tinham deixado esse bilhetinho (parecendo coisa de moleque na época de escola) no parabrisas do meu carro, aliás, carro não, do meu UNO que conquistamos com a força do nosso trabalho.

Para essa pessoa, que não tem coragem de mostrar a cara só posso lhe dizer, tudo ao seu tempo, e não será um bilhete que irá impedir de continuarmos trabalhando.

Que Deus nos dê força de continuarmos, mesmo quando o "império" da maldade tenta nos colocar para baixo, nos desacreditar, tirar nossa credibilidade interior, nos atacar de todas às maneiras e nos colocar na lona.

O cair é do homem, mas o levantar é de Deus, portando só fica no chão quem não tem coragem de levantar, sacudir a poeira e continuar. E coragem nós temos muita. 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet