Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Setembro de 2019

0 9
:
2 4
:
2 0

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Internauta AN

Notícias / Agronegócio

11 Set 2019 - 16:02

Biotecnologia poderá curar a ressaca

Esse pode ser o primeiro probiótico OGM lançado

Agrolink

Alexandre Mazzo

 (Crédito: Alexandre Mazzo)

Publicidade

Um produto geneticamente modificado e fabricado pela empresa Zbiotics promete curar, ou amenizar, os efeitos da ressaca no organismo humano. A empresa, no entanto, frisa que este não é um medicamento, mas sim um alimento que pode ser ingerido por qualquer pessoa, inclusive por que não está ressacado.

A empresa começou a vender a bebida à base de bactérias geneticamente modificadas de forma online ainda no mês passado, sendo que a inauguração foi em uma festa, onde bebida alcoólica também foi distribuída. É provável que esse seja o primeiro probiótico geneticamente modificado do mundo, disse a empresa. Sendo assim, é possível que a empresa comece a vender o produto em lojas físicas rapidamente, já que não se trata de um medicamento.

Várias outras empresas do mundo todo especializadas em engenharia genética estão desenvolvendo produtos que buscam a cura de doenças, mas esbarram em suas agências controladoras, como é o caso da Food and Drou Asministration (FDA) dos Estados Unidos, que anualmente barra inúmeras tentativas. Para a Zbiotics, no entanto, a aposta é ir diretamente no consumidor, evitando toda essa burocracia de aprovações e desaprovações.

A pesquisa começou com uma cepa de bactérias comumente utilizada em alguns outros probióticos e também em uma comida japonesa que tem características anti-ressaca. No início apenas uma bactéria foi adicionada na composição original, no entanto, outros fatores tiveram que ter sido levados em consideração para a finalização do produto que já está a venda e pode se tornar o precursor de um mercado de organismos geneticamente modificados (OGMs).

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet