Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Quarta-feira 20 de Novembro de 2019

0 8
:
2 9
:
3 5

Últimas Noticias

Notícias / Geral

12 Set 2019 - 14:53

MT não tem previsão de chuva nos próximos 20 dias

Órgão orienta habitantes a se hidratarem constantemente; previsão é de 41º C até sexta-feira (13)

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

Cidade está coberta pela fumaça; forte onda de calor deve durar por pelo menos mais cinco dias, segundo o Inmet (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

Cidade está coberta pela fumaça; forte onda de calor deve durar por pelo menos mais cinco dias, segundo o Inmet

Publicidade

Não há previsão de chuva para o Estado de Mato Grosso pelos próximos 20 dias e as temperaturas devem permanecer altas, segundo alerta feito pela Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa Civil.

 

A forte onda de calor, com temperaturas 5º acima da média, deve durar pelo menos mais cinco dias, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para esta quinta (12) e sexta-feira (13), a previsão do instituto aponta temperaturas máximas de 41°C e umidade abaixo de 10%.

 

Diante do cenário de clima desértico - agravado pelo alto número de queimadas -, a pasta emitiu orientações para minimizar os impactos da onda de calor e evitar riscos de hipertermia (elevação da temperatura corporal que pode comprometer o metabolismo). 

  A primeira orientação é manter a hidratação do corpo, bebendo muita água, já que o período é de baixa umidade. Outro ponto importante, é evitar a prática de exercícios físicos ao ar livre, principalmente, nos horários mais quentes, entre 10h e 16h.

 

“Estamos há mais de 120 dias sem chuva e a previsão aponta 0% de probabilidade até o dia 23 de setembro. Esse ambiente inspira uma série de cuidados, por conta dessa falta de chuva, calor excessivo, baixa umidade do ar e aumento do número de queimadas. Então umidificar o ambiente também é extremamente necessário nesse período crítico”, orientou o superintendente da Defesa Civil, tenente-coronel BM Marcelo Reveles.

 

Ele ainda apontou que, além do uso de umidificadores, os moradores podem utilizar toalhas molhadas e recipientes com água para tornar o ambiente, seja o quarto ou outro cômodo da casa, mais propício à manutenção da saúde.

 

Outro destaque de Reveles diz respeito ao aumento do número de queimadas, fator que tem contribuído para o "estado de calamidade" pelo qual passa Mato Grosso.

 

“Pedimos à população para que não coloque fogo em lixo e terrenos baldios, mantendo sempre a limpeza desses locais. E aos fumantes, que se atentem em não jogar pontas de cigarro em lugares inapropriados, como beira de estradas, pois a vegetação pode estar seca, causando incêndios de grandes proporções”, pontuou o superintendente.

 

A Defesa Civil ainda destaca a necessidade do uso de roupas leves, preferencialmente de algodão, e da hidratação de olhos, nariz e boca, bem como evitar o contato direto com o sol e sempre utilizar protetor solar.

 

SMS de alerta

 

Os mato-grossenses podem se cadastrar para receber SMS de alertas da Defesa Civil de Mato Grosso.

 

Para ter acesso, basta enviar o CEP para o número 40199, gratuitamente

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet