Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 14 de Outubro de 2019

2 2
:
2 1
:
3 5

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Internauta AN

Notícias / Geral

16 Set 2019 - 08:30

Prefeito e secretários mato-grossenses comprovam transparência da Nota MT

Na segunda edição do sorteio da Nota MT, a MTI demonstrou todo o funcionamento do sistema do programa.

redação

Publicidade

Representantes de prefeituras mato-grossenses comprovaram, no 2º sorteio da Nota MT realizado nesta quinta-feira (13.09), a transparência do programa e de todo o sistema desenvolvido pela Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), em parceria com a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Nesta edição  foram sorteados mil prêmios de R$ 500 e cinco prêmios de R$ 10 mil  – e a lista os ganhadores já está disponível, tanto no site do programa, quanto no aplicativo disponível para celulares com sistema Android e IOS. Ao todo, 848.585 bilhetes eletrônicos de 90.395 consumidores estiveram aptos para o sorteio. 

Acompanharam o evento o prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, a secretária de Fazenda de Campo Verde, Patricia Alves da Silva,  o secretário de Planejamento, Gestão e Finanças de Lucas do Rio Verde, Giovanni Rodrigues da Silva, o secretário de Finanças e Orçamento de Nova Mutum, Agenor Darci, e o secretário  de Finança de Campo Novo, Jaime Luis Ott.

Eles conheceram todo o funcionamento do sistema, desde a extração dos números da Loteria Federal para o sorteio, a forma com que esses números são usados como “embaralhadores”, até a divulgação do resultado final dos ganhadores. Todo o sistema foi auditado pela Controladoria Geral do Estado (CGE) desde o início de sua criação e passou por um processo de experimentação para garantir sua confiabilidade.

“Os números da loteria são os parâmetros; a partir deles o sistema embaralha os bilhetes e seleciona os que serão premiados. Por uma questão de garantia, o procedimento é realizado duas vezes”, explicou o superintendente de TI da Sefaz e analista da MTI, Ricardo Crudo.

Crudo lembrou ainda que é possível simular o próprio sorteio “de casa”, por meio do aplicativo disponível no site do programa. Desse modo, o próprio cidadão consegue ver na prática como o sistema funciona. “Estão disponibilizados no site do programa tanto os bilhetes gerados, como uma cópia do aplicativo do sorteio, o que comprova a integridade de todo o processo”, disse.

Para o prefeito de Campo Verde Fábio Schroeter, o programa Nota MT, através da tecnologia implementada, é uma importante ferramenta de auxílio aos municípios, pois contribui na arrecadação do Estado que se reverte em benéfico para todos os cidadãos mato-grossenses. 

“Tanta tecnologia que nós temos à disposição nos dias de hoje e nós perdendo essa oportunidade. Eu fui empresário e comerciante, sofrendo concorrência desleal. Esse é um programa que poderia chamar de Nota Ganha Ganha MT. O cidadão precisa ser conscientizado e exigir a emissão da nota, pois muitas vezes passamos batido e não temos esse registro e todo mundo sai perdendo. Obrigado por essa inciiativa, pois realmente produz ótimos frutos para todos”, disse o prefeito.

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, também destacou a relevência do programa, que já possui 116 mil cadastrados, e  a atuação da MTI para o desenvolvimento da Nota MT, criado para estimular o cidadão a solicitar o CPF na nota fiscal eletrônica. 

“A nossa empresa, a MTI, foi quem desenvolveu in house todo esse sistema sem consumir nenhum recurso público e nenhuma empresa privada. A MTI, com a Secretaria de Fazenda, conseguiu realizar em tempo recorde um sistema mito barato e muito eficiente”, disse o secretário.

Após o sorteio, o resultado é homologado pela CGE e o ganhador recebe um e-mail informando que ele foi premiado. A mesma notificação também fica disponível no aplicativo e no portal do programa, assim como a listagem completa de todos os ganhadores. Além disso, também ficam disponíveis as instruções que os ganhadores devem seguir para receber os prêmios.

Além do prêmio em dinheiro, o programa também ajuda instituições filantrópicas, uma vez que,  ao fazer o cadastro, o cidadão escolhe uma instituição para receber 20% da premiação, caso ele seja sorteado. A previsão é que o próximo sorteio ocorra em 19 de setembro  na "edição especial de primavera", quando serão sorteados cinco prêmios de R$ 50 mil. 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet