Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Terça-feira 15 de Outubro de 2019

0 9
:
2 7
:
5 2

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Internauta AN

Notícias / Geral

21 Set 2019 - 09:41

Pagar 13º até 20 dezembro é prioridade para o Governo, diz Gallo

No mês passado, Mauro Mendes chegou a afirmar que não era possível dar essa garantia

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

 (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

Publicidade

O secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo garantiu, nesta sexta-feira (20), que o 13º salário dos servidores estaduais, referentes ao ano de 2019, será pago em sua totalidade ainda este ano. 

 No mês passado, o governador Mauro Mendes (DEM) chegou a afirmar que não era possível dar essa garantia. Depois disso, o Estado conseguiu um empréstimo de US$ 250 milhões junto ao Banco Mundial.

 

“É uma prioridade do Estado cumprir com o 13º salário ainda em 2019, portanto nós pagaremos o 13º até a data limite prevista que é a data de 20 de dezembro de 2019”, afirmou Gallo.

 

No ano passado, parte dos servidores que não receberam o 13º salário em 2018 tiveram o vencimento parcelado em três vezes.

 

No início do ano, o governador mudou a forma de pagamento do benefício.

 

Anteriormente, o mecanismo de pagamento era outro: os servidores recebiam no mês do seu aniversário. O democrata, então, transferiu a data para dezembro.

 

Conforme dados da Secretaria de Fazenda (Sefaz), a folha de pagamento do funcionalismo no mês de dezembro é de R$ 500 milhões. Para pagar o 13º salário, o Governo irá aumentar a despesa em mais R$ 560 milhões, pois as empresas públicas também entram no montante. 

 

Questionado se o pagamento do 13º salário até dezembro é certeza ou só uma expectativa, o secretário foi enfático: “Estamos trabalhando, fazendo provisionamento de recursos para que na data nós paguemos o 13º de todos os servidores públicos. É certeza: vamos pagar o 13º”, disse.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet