Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Quinta-feira 17 de Outubro de 2019

1 6
:
0 9
:
2 2

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Internauta AN

Notícias / Política

10 Out 2019 - 14:27

Riva nega autoria e diz que não protocolou documento no MPE

Ex-presidente da Assembleia emitiu nota à imprensa sobre relação com nomes de políticos e valores

Mídia News

Mídia News

 (Crédito: Mídia News)

Publicidade

O ex-deputado estadual José Riva afirmou, nesta quarta-feira (09) que jamais subscreveu ou protocolizou no Ministério Público Estadual (MPE) suposto aditivo de proposta de delação premiada vazado nesta semana.
 
Riva classificou, em nota distribuída à imprensa, os documentos como “apócrifos” e disse que irá adotar as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los.
 
Os documentos em questão revelam, entre outras coisas, o pagamento de propinas milionárias a 38 parlamentares e ex-parlamentares ao longo dos 20 anos em que Riva esteve no comando do Legislativo. Os pagamentos ilícitos teriam chegado a R$ 175,7 milhões.
 
“Os documentos apócrifos que têm circulado perante os meios de comunicação, intitulado como sendo 'proposta de colaboração premiada' jamais foram subscritos pelo ex-deputado. Os referidos documentos jamais foram protocolizados junto ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso”, disse na nota.
 
Riva citou que tem colaborado já há algum tempo com as investigações promovidas pelo Ministério Público Estadual (MPE), porém disse não ter firmado acordo de delação premiada com o órgão. 
 
"[Riva] tem plena convicção que os sobreditos documentos não foram fornecidos pelo MPE/MT, até porque o ex-deputado, como já dito, jamais os assinou. Ele está adotando as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los pela distribuição dos malsinados documentos", diz a nota. 
 
Veja a nota na íntegra:
 
"O ex-Deputado Estadual José Geraldo Riva, tendo em vista as matérias recentemente publicadas na mídia, envolvendo o seu nome em suposta Delação Premiada, celebrada com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, vem esclarecer que:
 
1) Os documentos apócrifos que têm circulado perante os meios de comunicação, intitulado como sendo “proposta de colaboração premiada” jamais foram subscritos pelo ex-Deputado;
 
2) Os referidos documentos jamais foram protocolizados junto ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso;
 
3) Tem colaborado já há algum tempo com as investigações promovidas pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, porém não firmou, até a presente data, nenhum acordo de delação premiada com o MP/MT;
 
3) Tem plena convicção que os sobreditos documentos não foram fornecidos pelo MP/MT, até porque o ex-Deputado, como já dito, jamais os assinou;
 
4) Está adotando as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los pela distribuição dos malsinados documentos.
 
Cuiabá/MT, 09 de outubro de 2019"
 
Ex-Deputado José Geraldo Riva

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet