Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Quarta-feira 11 de Dezembro de 2019

0 1
:
3 0
:
4 8

Últimas Noticias

Notícias / Entretenimento

12 Nov 2019 - 10:38

Diego Hypólito desabafa: “Me faziam pegar uma pilha com o ânus”

O ginasta publicou um longo desabafo em que contou sobre o bullying que sofreu na infância

Metrópoles

Reprodução/Instagram

 (Crédito: Reprodução/Instagram)

Publicidade

Após sofrer críticas por declarar que não defende nenhum lado político e que havia sofrido bullying na infância, Diego Hypólito publicou um desabafo em sua conta do Instagram. O ginasta havia escrito que não era “de esquerda nem de direita. Sou de Deus”.

Um dos seguidores criticou a falta de posicionamento do atleta, alegando que ele “desfruta do que foi conquistado, usufrui das conquistas mas não dá valor a isso e ainda cospe no prato que comeu”. Isso foi o estopim para que Diego relembrasse o que passou. Confira abaixo ou na galeria.

“Vim de raízes muito humildes, sete anos seguidos sendo vendedor ambulante em Copacabana e sendo chamado de cabeça de caminhão, Frankenstein, na mesma época me prendiam em uma caixa de plinto, que era chamada de caixão da morte. Meu técnico falava pra minha mãe que eu era gay desde os meus 11 anos de idade. Me faziam fuçar nu com 9 anos de idade, pegar uma pilha com o ânus na frente de vários outros atletas, pois senão, me espancavam e me humilhavam, rindo e achando isso o máximo”, respondeu.

Hypólito ainda garantiu que precisou suportar tudo isso calado . “E eu como passava fome dentro de casa, pois meus pais saíram de São Paulo para o Rio de Janeiro para o sonho dos três filhos de serem ginastas em um lugar melhor. Mas, na verdade, financeiramente foi muito pior, pois ficamos 6 a 8 meses sem energia e lembro do desespero da minha mãe, pois não tinha o que comer, não falo de proteína. Não tinha nem arroz e só tinha como acender o fogão com fósforo! E 49 centavos que era o preço, muitas vezes nem tínhamos como comprar”.

Atualmente com 33 anos, ele afirma que só revelou todos esses sofrimentos à família há dois anos. “Nunca me vitimizei e nem falei nada com ninguém. Agora que expus foi para ajudar pessoas e não para ser coitado”.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet