Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 8 de Dezembro de 2019

1 8
:
3 8
:
2 2

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Agronegócio

13 Nov 2019 - 15:33

Brasil perdeu quase 13% das fazendas leiteiras entre 2006 e 2017

A região Sul foi a que mais sentiu a queda no número de propriedades, cerca de 30,4% deixaram a atividade, segundo o Censo Agropecuário do IBGE

Canal Rural

Seagri-DF

 (Crédito: Seagri-DF)

Publicidade

O número de propriedades rurais que atuam na produção de leite caiu de 1,35 milhão para 1,18 milhão entre 2006 e 2017, recuo de 12,92%, segundo o último Censo Agropecuário, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em outubro. A quantidade de vacas ordenhadas também recuou neste período, de 12,71 milhões para 11,51 milhões de animais, o que representa queda de 9,47%. Apesar disso, o volume captado aumentou 46,62%, graças ao salto de produtividade.


A região Sul foi a que mais sentiu a queda de fazendas leiteiras, cerca de 30,4% deixaram a atividade. Em 2006, os estabelecimentos totalizavam 413,8 mil. No último levantamento, eram 288 mil. O rebanho, no entanto, aumentou 1,72%, de 2,44 milhões para 2,49 milhões de vacas.

O Nordeste perdeu 55,7 mil fazendas leiteiras (-13,60%), passando de 410 mil para 354,3 mil. Já o número de vacas recuou 19,63%, de 2,41 milhões para 1,94 milhões.

No Sudeste, cerca de 6,17% das propriedades abandonaram a atividades no intervalo entre os censos, recuando de 310,26 mil para 291,1 mil. O rebanho caiu 11,53%, de 4,46 milhões para 3,95 milhões.

O Centro-Oeste registrou aumento no número de estabelecimentos (+2,63%), que passaram de 128,8 mil para 132,2 mil, e queda no de vacas (-16,34%), de 2,09 milhões para 1,75 milhão de cabeças.

As fazendas leiteiras no Norte passaram de 87,9 mil para 110,8 mil, alta de 25,94%. O rebanho foi de 1,31 milhões para 1,39 milhões, acréscimo de 6,33%.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet