Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 15 de Dezembro de 2019

0 5
:
1 4
:
0 8

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

22 Nov 2019 - 08:42

Ministro do Meio Ambiente participa de reunião em MT para discutir prevenção às queimadas

Salles também sobrevoou o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, para verificar possíveis focos de queimada na região.

G1 MT

Publicidade

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, visitou nesta quinta-feira (21) Mato Grosso, onde se reuniu com o governador Mauro Mendes (DEM).

Os dois sobrevoaram o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, para verificar possíveis focos de queimada na região.

Além disso, o ministro participou de uma reunião com os comandantes-gerais do Corpo de Bombeiros da Amazônia Legal no Palácio Paiaguás.

Na reunião, foi discutida a prevenção aos incêndios em toda Amazônia no próximo ano.

"Os comandantes da Amazônia têm o apoio total desse Governo. Esse trabalho é importante e temos investido tanto em prevenção quanto em equipamentos", disse o ministro, que veio a Mato Grosso participar do Encontro dos Comandantes Gerais do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar da Amazônia Legal.

Mauro Mendes diz que este é “um importante trabalho em parceria com o governo federal para que possamos estar mais preparados para enfrentar o desafio das queimadas e proteger o meio ambiente em toda Amazônia Legal”.

Mauro Mendes foi um dos governadores que assinaram uma petição para que o repasse dos R$ 430 milhões previstos pelo Fundo Petrobras seja feito diretamente aos estados que compõem a Amazônia Legal – Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Pará, Tocantins, Maranhão e Mato Grosso.

O Fundo da Petrobras é resultante de negociação para encerrar investigações sobre a empresa nos Estados Unidos, em razão de desvios na estatal – apontados pela Operação Lava Jato – que teriam prejudicado investidores norte-americanos.

A Petrobras acertou com autoridades dos EUA o pagamento de US$ 853,2 milhões. Desse valor, US$ 682 milhões devem ser aplicados no Brasil – cerca de R$ 2,5 bilhões. O montante foi depositado em uma conta judicial, mas está bloqueado.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet