Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Dezembro de 2019

1 0
:
0 5
:
3 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

2 Dez 2019 - 08:35

Secretário e equipe técnica da Sinfra vistoriam operação de balsa no Manso

Sinfra coordenou a reforma de duas embarcações que atendem mais de quatro mil pessoas na região da Chapada dos Guimarães, no distrito de Água Fria, adequando às normas da Marinha

redação

Publicidade

 

A balsa que atende a comunidade de João Carro, na região de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá), nas proximidades do Distrito de Água Fria, no Lago do Manso, passou por vistoria na manhã desta sexta-feira (29.11). O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e equipe técnica da pasta acompanharam de perto o funcionamento da embarcação, que foi liberada para operação há uma semana após reforma geral.

O equipamento ficou seis meses sem transportar passageiros por questões de segurança. Para voltar a funcionar, recebeu equipamentos novos de salvatagem (salvamento) e sua estrutura foi adequada às normas exigidas pela Marinha. Todo trabalho de adequação foi coordenado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e contou com apoio da Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães e do Sindicato Rural do município.

O secretário Marcelo de Oliveira avaliou o resultado dos serviços na embarcação como bastante positivo, atendendo às necessidades da população local.

“Conseguimos recuperar as duas balsas aqui da Chapada, tanto do Rio da Casca quanto do Rio Quilombo, na comunidade de João Carro, uma das maiores dessa região. Com a reforma, as pessoas voltaram a ter condições de ir e vir com dignidade e segurança”, observou ele.

Segundo o gestor governamental, que assessora a Secretaria de Infraestrutura e Logística, Paulo Fernandes Rodrigues, as duas balsas reformadas estão operando regularmente, seguindo os horários fixados em escala. “As embarcações têm capacidade para transportar 40 pessoas e cerca de 10 carros, entre veículos pequenos e de maior porte”, relatou, dizendo que no caso da balsa da comunidade João Carro o movimento é intenso durante todo o dia.

Ainda, conforme Rodrigues, os serviços de manutenção das balsas foram divididos em quatro partes: revisão dos motores, manutenção da parte elétrica, dotação das balsas com equipamentos de salvamento como coletes salva-vidas, bóias e bote com capacidade para até 40 pessoas (a quantidade máxima de cada equipamento), além dos serviços de sinalização, iluminação, substituição dos equipamentos contra incêndio.

As embarcações, prossegue o gestor, vão receber ainda mais alguns reparos para cumprimento de todas as solicitações da fiscalização. Porém, já contam com a licença provisória da Marinha para operação por 60 dias, até que sejam finalizadas as adequações previstas.

Estrutura

As balsas do Rio da Casca e do Rio Quilombo (48 Km de Chapada), que atendem, principalmente, a comunidade de João Carro, beneficiam diretamente cerca quatro mil pessoas que vivem na região e têm as embarcações como um dos únicos modos de travessia do lago

A barcaça que atende a comunidade de João Carro, por exemplo, realiza por dia cerca de 16 viagens (ida e volta), num percurso de 600 metros. Já a do Rio da Casca, são 12 viagens (ida e volta) em média, num trajeto de 300 metro. 

MT-020

Na viagem para vistoria das balsas, o secretário Marcelo de Oliveira aproveitou ainda para verificar os trabalhos de acabamento da obra de pavimentação de 23 quilômetros MT-020, rodovia na localidade de Chapada dos Guimarães que dá acesso ao Distrito de Água Fria e as comunidades, como do João Carro, até o Lago do Manso. A estrada já está totalmente pavimentada, sinalizada e agora recebe os últimos detalhes na área de drenagem superficial (meio-fio, sarjeta, por exemplo) e paisagismo. A entrega oficial da estrada acontece no próximo mês.

Também integraram a equipe de vistoria da Sinfra, o secretário adjunto de Obras Rodoviárias, Nilton de Britto, a gestora governamental, Maria Stella Conselvan, o assessor jurídico José Ricardo Elias, além dos engenheiros Zenildo Castro e José Carlos Ferreira.

 
 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet