Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Dezembro de 2019

1 1
:
0 1
:
1 7

Últimas Noticias

publicidade

Notícias / Agronegócio

2 Dez 2019 - 15:28

Calagem e adubação asseguram mais lucratividade aos produtores

Pioneiro no agronegócio em MT, pecuarista que tem inovação como marca reconhecida ensina: investimento em tecnologia é necessário para crescimento ou mesmo manutenção no setor

Agência da Notícia - Redação

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

O crescimento e os investimentos no setor do agronegócio em Mato Grosso, ao longo das últimas décadas, alçaram o Estado ao status de maior produtor agrícola e pecuário do país. Mas a capacidade ociosa, sobretudo na criação de bovinos, ainda é enorme, alertam especialistas, devido à ainda relativamente baixa empregabilidade de tecnologia no segmento. O pioneiro Arno Schneider é uma das vozes do campo a defender que a produção de gado ainda tem muito a crescer para competir com o mercado dos grãos. Há mais de 40 anos na atividade, o produtor atesta que a reforma e correção do solo das pastagens com o uso regular de calcário estão entre os caminhos seguros para a evolução da pecuária.

Após migrar do Sul do país em 1977, Schneider e seu irmão tornaram-se pioneiros em produção de soja. Adaptados ao tipo de solo do Cerrado, o produtor conta que suas conquistas só foram permitidas a partir do emprego da técnica de adubação e calagem do solo. “Só desenvolvemos as nossas terras mediante o uso de insumos, fertilizantes e basicamente do calcário para corrigir a acidez. Sem isso, não seríamos capazes de colher sequer a semente plantada”, destaca o pecuarista, que se dedica à criação no Vale do Rio Cuiabá.

O produtor observa que a técnica de manejo do solo, ainda que comum em culturas como a soja desde a década de 70, já no século 21 ainda não se popularizou na pecuária. Mais uma evidência de que a sustentabilidade ambiental e financeira da atividade passa pela incorporação de adubo e calcário às pastagens, com planejamento e doses adequadamente prescritas por profissionais.

“Enquanto a agricultura corre, o setor da pecuária ainda dá pequenos passos quando nos referimos ao trato, cuidado e investimento no solo. Mas isso vai mudar! A manutenção e o equilíbrio da pecuária só serão possíveis mediante investimentos no solo, principalmente, o rotineiro uso do calcário”, observa Arno Schneider.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet