Agência da Notícia

Informação é Aqui!

Agência da Notícia, Quinta-feira 20 de Fevereiro de 2020

0 9
:
5 3
:
4 2

Últimas Noticias

publicidade

Notícias / Polícia

21 Jan 2020 - 09:25

Policiais civis garantem pódio no 1º Campeonato de Parajiu-jitsu em Barra do Garças

Redação

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Os investigadores de polícia, Amarildo Fernandes e Adão Lopes, participaram do primeiro evento de Parajiu-jitsu, na modalidade Nogi (sem Kimono), realizado na entre os dias 18 e 19 de janeiro, em Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá).

O evento, promovido pela Federação Brasileira de Jiu-jitsu Paradesportivo, é considerado um marco histórico da arte suave e aconteceu no tatame da Gracie Barra Prêmio, sob a responsabilidade de líderes da inclusão social do mundo.

Os dois investigadores participantes da competição subiram ao pódio, obtendo excelente resultado para a equipe AB Brazilian Jiu-jitsu e representando a Polícia Civil de Barra do Garças. O investigador, Amarildo Fernandes, foi o campeão da categoria B, Nogi (sem kimono) e segundo lugar categoria absoluto também na categoria Nogi. 2º lugar categoria B, parajiu-jitsu e o 3º lugar categoria absoluto.

Já o investigador, Adão Lopes, conquistou o segundo lugar na categoria máster 1, azul, até 90 quilos, Pelo grande desempenho, a equipe AB Brazilian Jiu-jitsu também levou o 3º lugar entre equipes.

Para Amarildo, que aos dois anos de idade, se tornou portador de visão monocular, através do esporte é possível perceber a capacidade de ir além, independente de qualquer adversidade, pois a vontade de vender e superar faz que atleta seja referência de resiliência e superação.

“Apesar das dificuldades, nunca perdei a esperança que algo maravilhoso aconteceria em minha vida. É o grande dia de fazer história no mundo do parajiu-jitsu, me sinto honrado em ser o primeiro paratleta a lutar um evento desse nível, juntamente a outros grandes guerreiros, cada um com sua história de superação”, disse o investigador.

Os investigadores idealizam um projeto futuro pra atender menores sem condições financeiras, incentivando a prática de esportes, através das artes marciais.

Um atleta na categoria B - (blind) se espelha em samurai ....“Para nós, um pequeno incômodo nos olhos, um simples cisco, é capaz de gerar grandes frustrações. Para eles, ser completamente incapaz de enxergar os torna capaz de ser letal perante seus oponentes”, completou o policial.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet