Imprimir

Imprimir Notícia

21 Mar 2019 - 08:38

Jovem é preso após ameaçar atacar escola em Várzea Grande

Um jovem de 18 anos foi preso no início da noite desta terça-feira (19) após afirmar que queria cometer um massacre em uma escola no Bairro Construmat, em Várzea Grande.

 

De acordo com o relato da Polícia Militar, a diretora da unidade de ensino que foi quem denunciou o caso, após tomar conhecimento da ameaça por meio da namorada do suspeito, que é ex-aluno da escola.

 

Segundo ela, o rapaz havia mandado um áudio via WhatsApp para a garota , dizendo que tinha vontade de cometer ataque a colégios, como o que aconteceu em Suzano (SP), onde dois rapazes invadiram uma escola e atiraram em diversos alunos e trabalhadores. No massacre, seis alunos e duas pedagogas foram mortos e 17 pessoas ficaram feridos.

 

A PM fez buscas pelo suspeito durante toda a tarde de ontem, mas não o encontrou.  Já no começo da noite, os policiais foram até a casa dele. Ele foi detido e levado para a Central de Flagrantes da cidade.

 

A mãe dele o acompanhou durante todo o procedimento. O caso está sendo acompanhado pela Polícia Civil.

Imprimir