Imprimir

Imprimir Notícia

4 Abr 2019 - 14:00

Cooperativa de crédito abre 222 vagas de emprego e investe em agências físicas

Seguindo na contramão do mercado financeiro, a cooperativa de crédito Sicredi mantém 3.115 colaboradores em Mato Grosso, Acre, Rondônia e Pará. Em 2018, foram 222 contratações, aumento de 8% em relação a 2017. Esses funcionários atuam em 169 agências na região. 

O diretor executivo da Sicredi Centro Norte, Seneri Paludo, que é ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado (Sedec), explica que a cooperativa de crédito tem seguido na contramão das instituições financeiras, os bancos, em razão da manutenção das agências físicas.

“Enquanto os bancos seguem na tendência de fechamento de agências físicas e transferindo o atendimento para os serviços online por meio de aplicativos e internet bank, a Sicredi tem aprimorado o atendimento diferenciado por meio das agências físicas. Também fazemos uso dos recursos digitais, mas não abrimos mão do atendimento presencial”, aponta o diretor.

Seneri explica que a estratégia utilizada para manter o atendimento presencial nas agências é por meio de capacitação dos colaboradores selecionados das próprias cidades onde estão localizadas as unidades.

A cooperativa de crédito, diferente dos bancos, calcula a diferença entre receitas e despesas como resultados, o que se difere do lucro das instituições financeiras convencionais, já que um percentual desse resultado, que em 2018 foi de R$ 463 milhões na região Centro Norte, é dividido com os associados como remuneração de capital social.

Com esse perfil, a cooperativa consegue manter 1.670 agências no país, sendo a instituição com maior número de postos físicos entre as financeiras, em 22 Estados e no Distrito Federal, sendo que em 205 municípios é o único serviço financeiro presente, considerando 33 municípios da região Centro Norte.

Imprimir