Imprimir

Imprimir Notícia

11 Mai 2019 - 13:30

Júri condena homem que tentou matar esposa a golpes de facão

O Tribunal do Júri de Cuiabá condenou, na última quinta-feira (9), José Cícero da Silva a 10 anos e quatro meses de prisão por tentar matar a esposa com golpes de facão, em 2006.

 

A sentença foi proferida pela juíza Mônica Catarina Perri Siqueira, da 1ª Vara Criminal, e cabe recurso.

 

Conforme a ata do julgamento, o acusado não compareceu à sessão e foi julgado à revelia.

 

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), José Cícero foi acusado de tentativa de homicídio qualificado agravado por recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Consta no processo que, no dia 9 de setembro de 2006, o acusado estava sentado em uma cadeira no quarto, por volta das 16h30.

 

Quando a mulher se aproximou, o homem sacou um facão, que estava escondido embaixo do colchão, e atacou a esposa.

 

Para tentar se defender, a mulher reagiu e a arma caiu no chão. Imediatamente, a vítima conseguiu pisar no facão. Diante disso, o marido a empurrou e, em seguida, saiu correndo.

 

A mulher foi socorrida pelo seu filho e foi encaminhada para o hospital. A Polícia Militar também foi acionada.

 

Segundo o MPE, José Cícero tinha intenção de matar, pois golpeou a cabeça, testa, ombro direito, o antebraço esquerdo e na mão direita da vítima.

 

“Insta consignar que o crime de homicídio somente não se consumou porque, além da vítima tentar se desvencilhar das agressões, foi socorrida por seu filho e encaminhada para cuidados médicos”, afirmou o MPE, na denúncia.

Imprimir