Imprimir

Imprimir Notícia

11 Jul 2019 - 14:44

Prefeitura esclarece a falta de profissionais brigadistas de incêndio no município

Durante esta época do ano é comum o aumento no número de incêndios criminosos não só no município de Confresa, mas em toda a região Norte Araguaia. Recentemente o Município recebeu as instalações do Corpo de Bombeiros Militar, responsável pelo controle de incêndios nos limites urbanos da cidade. 

A vinda do Corpo de Bombeiros é resultado de uma forte articulação política com a participação de diversas autoridades e lideranças, com destaque para o deputado Estadual Baiano Filho, o Prefeito de Confresa Ronio Condão e a Câmara Municipal de Confresa que aprovou o projeto.

Após várias denúncias sobre incêndios o Agência da Notícia visitou o Corpo de Bombeiros e foi informado sobre a impossibilidade de atender toda a demanda da cidade devido ao baixo número de profissionais disponibilizados para trabalhar em conjunto com os bombeiros. 

O Corpo de Bombeiros Militar no município possui uma sede fixa, um caminhão de bombeiros, uma ambulância e 9 militares capacitados, um contingente muito baixo devido a demanda. Não possuindo uma brigada de incêndio, que teria ficado por responsabilidade do município, tanto a admissão quanto a capacitação desses profissionais. 

A redação entrou em contato com assessoria de imprensa da prefeitura pedindo uma nota em relação aos brigadistas, tendo em vista a importância desses profissionais para Confresa e região. 

Em nota a Prefeitura de Confresa informou que a contratação dos brigadistas ainda não foi possível pois o limite de gastos com a contratação de pessoal está no limite da lei de responsabilidade fiscal e a gestão está trabalhando para equilibrar os gastos públicos. Uma vez que existe grande demanda por pessoal principalmente na Saúde e Educação, mas que acredita que até o final de 2019 a situação esteja controlada e assim seja possível a contratação dos servidores brigadistas.

Imprimir