Agência da Notícia

Tocantins

Agência da Notícia, Segunda-feira 20 de Maio de 2019

1 1
:
3 1
:
4 9

Últimas Noticias

Torpedos

Muito Bem ...

Parabéns para estado do TO , por adquirir a franquia do AN

Portal AN

Parabéns , muito anos de vida para o Portal em nossa Região.

Palmas-TO

Parabéns pela franquia, esperamos estar atualizados com noticias da nossa região.

Classificados

CARRO

Cidade: Palmas-TO

Anunciante: ANDRE RODRIGUES DOS SANTOS

Valor: 23.000,00

Curso de violão

Cidade: Palmas-TO

Anunciante: Clube do Violão

Valor: 26,00

CARRO

Cidade: Paranã - To

Anunciante: RONALDO

Valor: 16.800,00

Notícias / Palmas

23 Nov 2018 - 18:06

Procon autua Caixa por tentar realizar “venda casada” em Guaraí

Portal do Tocantins

Publicidade

A Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor, por meio do Núcleo de Atendimento de Guaraí, autuou nesta quarta-feira, 26, uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) por pratica de “venda casada”. A autuação ocorreu após denúncia de clientes que teriam ido até a agência para realizar saque do FGTS e a Caixa tentar vincular a abertura de conta na agência. O banco tem o prazo de 10 dias para apresentar defesa.

O Procon/TO alerta que a venda casada é considerada ilegal e de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, Lei 8078/90, artigo 39, inciso I, é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, condicionar o fornecimento a outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos.

O superintendente do Procon, Walter Nunes Viana Júnior destacou que não é a primeira vez que a CEF realiza esta prática. “A Caixa já havia sido notificada no dia 28 de julho desse ano para se abster de condicionar o resgate do benefício à abertura de conta na instituição financeira. Agora autuamos, tal prática é abusiva uma vez que o cidadão não precisa ter qualquer tipo de vínculo com o banco para ter acesso ao benefício ”, afirmou o gestor.

Venda Casada

Ainda de acordo com Banco Central que por meio da  Resolução nº 2878/01 (alterada pela nº 2892/01), Artº 17, “reforça que é vedada a contratação de quaisquer operações condicionadas ou vinculadas à realização de outras operações ou à aquisição de outros bens e serviços”, destacou.

O Procon orienta os consumidores que tiverem alguma dúvida diante de abordagens para aquisição de produtos e/ou serviços, em detrimento de terem acesso a quaisquer benefícios, por parte de qualquer outra instituição, devem fazer contato, imediatamente, com o Procon através do 151, ou junto aos núcleos https://procon.to.gov.br/institucional/nucleos-regionais/ no interior do Estado.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet