Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 25 de Novembro de 2020

2 0
:
1 7
:
0 5

Últimas Noticias

Artigos

10 Nov 2020 - 08:29

Brasileiros são indicados em “Oscar dos esportes eletrônicos”

Autoria

Fonte: Pixabay

Fenômeno de popularidade em vários países, os eSports (esportes eletrônicos) são um conjunto de modalidades de videogame no qual jogadores profissionais e amadores competem entre si. Devido ao desenvolvimento da modalidade e a grande audiência de jogos online como League of Legends, Dota 2 e Counter Strike: Global Offensive, patrocinadores de alto índice de investimento têm apoiado distintos campeonatos espalhados pelo mundo.

Com torneios cada vez maiores e premiações milionárias em grandes eventos, os eSports tomaram uma grande dimensão nos últimos anos, no Brasil e no mundo. Segundo uma pesquisa realizada pela Newzoo no ano passado, empresa especializada em realizar pesquisas no segmento dos eSports, há 75 milhões de jogadores de esportes eletrônicos no Brasil — entre amadores e profissionais. Desse montante, 83% consome assinaturas de serviços online ou produtos ligados aos esportes eletrônicos, como acessórios para PC Gamer, camisas, entre outros.

Em termos de popularidade, o segmento de eSports no Brasil só está atrás de duas grandes potências globais e países mais populosos: Estados Unidos e China. O alto número de jogadores e a paixão dos brasileiros pelos esportes eletrônicos tiveram importante participação no aumento do nível de qualidade e de competividade nos torneios nacionais — atraindo mais público.

 
Não por acaso, o Brasil teve sete nomes indicados para Esports Awards 2020, prêmio que é considerado o “Oscar dos esportes eletrônicos”. Esta premiação não se trata exclusivamente de competidores, mas também envolve outros profissionais que fazem parte desse segmento, como comissão técnica, setor de casting, diretores de arte e streamers.

Os sete brasileiros indicados para o prêmio foram os seguintes: Bruno “Nobru” (pro-player de mobile de ano); Alexandre “Gaules” (streamer do ano); Ana Xisdê (apresentadora do ano); Wilton “zews” (treinador de eSports do ano); Gabriel "FalleN" (personalidade do ano); Euller Araújo (pro-player novato de console); Henrique “Zezinho” (pro-player novato de console).

Dos sete brasileiros finalistas do Esports Awards 2020, dois vêm do Free Fire

Jogo mobile do gênero battle-royale, o Free Fire foi lançado no mercado em 2017. Desde então, o jogo caiu nas graças dos brasileiros, culminando com o título mundial da equipe de Free Fire do Corinthians em 2019.
O Free Fire foi um dos jogos que mais renderam indicações para o Brasil: Xisdê, caster da Garena de Free Fire na LBFF (Liga Brasileira de Free Fire) e Nobru, um dos melhores jogadores de eSports do país e craque do time de Free Fire do Corinthians.

Xisdê, que concorre ao título de apresentadora do ano, levou o prêmio de melhor caster no Prêmio eSports Brasil 2019 e foi a primeira comentarista brasileira a quebrar barreiras internacionais.

Já o jogador Nobru, que concorre ao prêmio de pro-player de mobile de ano no Esports Awards 2020, levou três troféus no Prêmio eSports Brasil 2019 e é considerado o melhor jogador de Free Fire do mundo. Hoje, o competidor conta com mais de um milhão de visualizações em seu canal particular na Twitch, principal plataforma de streaming no cenário dos esportes eletrônicos.

Brasileiro Thiago "SexyCake" Reis foi premiado no Esports Awards 2019

Thiago "SexyCake" Reis, jogador de Rainbow Six Siege da equipe Team Liquid, fez parte de um momento histórico brasileiro no Esports Awards 2019. Ele superou 11 concorrentes (o único brasileiro nessa categoria) e faturou o título de melhor jogada do ano.

Além de Thiago, mais três brasileiros participaram do Esports Awards 2019: Alanzoka como streamer do ano; Nyvi Estephan na categoria apresentadora do ano; Gabriel “Fallen” Toledo como personalidade do ano. No entanto, nenhum deles levaram os respectivos prêmios.

De acordo com a assessoria do evento, o Esports Awards do ano passado bateu recorde de votações. Ao todo, foram 2.5 milhões de votos nas categorias de voto popular.

O futuro dos eSports no Brasil

Diante do cenário de crescimento dos esportes eletrônicos no país e a chegada da tecnologia 5G, que levará a internet para outro patamar, a tendência é que o Brasil se solidifique como a principal referência de esportes eletrônicos na América Latina nos próximos anos. De acordo com a empresa de consultoria Newzoo, o mercado brasileiro movimentará US$ 905 milhões até o fim deste ano — um valor recorde.

Para o ano que vem, as expectativas são ainda melhores. A Newzoo aponta que o Brasil crescerá de maneira significativa no segmento, alcançado a marca de US$ 1,6 bilhão no mercado interno.
 
 
 
 
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet