Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 17 de Outubro de 2021

1 8
:
3 5
:
3 1

Últimas Noticias

Artigos

11 Jun 2021 - 08:29

Ministério da Educação lança plataforma de audiovisual com vídeos e transmissões ao vivo

Lucas Pedron

Pixabay

 (Crédito: Pixabay)
Os conteúdos em formato de vídeo vão ganhar cada vez mais espaço na educação brasileira, após anúncio do lançamento da plataforma Eduplay do Ministério da Educação. O site é voltado para o público universitário, e é totalmente gratuito e aberto ao público em geral. A agência governamental confirmou que a plataforma vai reunir transmissões ao vivo, aulas em formato de vídeo, canais de TV, rádios universitárias e até mesmo podcasts. Uma das ideias é produzir cada vez mais conteúdo dinâmico.

A plataforma foi totalmente projetada em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), e deve ser uma das maiores mudanças na área da educação neste ano. O objetivo principal é que o Eduplay cause um grande impacto nos alunos do ensino superior do Brasil, principalmente com conteúdos voltados para pesquisa e extensão. Por ser totalmente online, assim como acontece com o Enem, o serviço poderá ser usado em todas as regiões do país, desde o Mato Grosso até a região mais remota do Rio Grande do Sul.

Essa iniciativa do Ministério da Educação mostra que o conteúdo audiovisual está se transformando em uma ferramenta importante para o setor. A ideia é aproveitar o sucesso de plataformas que se utilizam de vídeos, como o YouTube e o TikTok, para incentivar o uso da internet como uma ferramenta também de estudo. Não é uma ação completamente inovadora, mas é importante para abrir portas e mostrar que o Governo está acompanhando as mudanças que acontecem no mundo.

O consumo de vídeos no Brasil é algo grande, e que não deve parar de crescer no futuro. Segundo pesquisa do IBOPE, cerca de 80% dos brasileiros assistem regularmente a vídeos online gratuitos. A média mundial não passa dos 65%, o que deixa o Brasil acima no consumo deste conteúdo. Nas redes sociais, essa diferença é também significativa, com os brasileiros consumindo 72%, e a média mundial ficando abaixo dos 60%. Ou seja, o grande alcance dos vídeos é algo comprovado nos dados.

Facilidade na criação de conteúdo


Um dos motivos para que os vídeos façam tanto sucesso no Brasil é a facilidade na criação de conteúdos neste formato. A ferramenta Movie Maker Online da InVideo é um bom exemplo para mostrar isso. O software, que é online e gratuito, permite ao usuário criar e editar vídeos em poucos minutos, com uma biblioteca repleta de imagens, stickers e até mesmo caixas de texto para se colocar na pós-produção. Além disso, com um guia de ajuda, a plataforma permite que até mesmo um usuário sem qualquer experiência audiovisual consiga fazer um conteúdo de qualidade profissional.

As redes sociais costumam ser o principal alvo dessas plataformas de edição, justamente por pessoas que não são da área do audiovisual. A intenção dos usuários é conseguir maior engajamento no Instagram ou no TikTok, por exemplo, e isso só é possível com vídeos de alta qualidade. Atualmente, os maiores influenciadores das mídias sociais produzem vídeos bem elaborados e com edições profissionais. Isso sem falar nos produtores de conteúdo do YouTube, que nos últimos 10 anos ganharam um grande espaço no mercado com as produções voltadas para essa plataforma de compartilhamento de vídeos.

Com tantas opções disponíveis, ter um conteúdo de alta qualidade é essencial para ganhar alguma atenção. Isso deve ser uma das prioridades também do serviço Eduplay, que ainda precisa de tempo para ser avaliado e completamente testado. Os conteúdos em vídeo são uma grande tendência, mas que sempre podem evoluir com novas ferramentas, principalmente de edição e produção de conteúdo. Afinal, os vídeos estão em quase todas as partes.


 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet