Imprimir

Imprimir Artigo

27 Out 2015 - 11:08

Aprendizagem cresce 6%

 Apesar da crise econômica, a inclusão profissional de jovens segue aquecida em Mato Grosso. Comparando o número de aprendizes em atividade, no mês de setembro deste ano, contra o mês de 2014, registra-se um crescimento de 6%. O programa é mantido pelo CIEE em parceria com a Fundação Roberto Marinho (FRM), visando à formação prática e teórica de jovens de 14 a 24 anos, em especial os pertencentes às camadas me­nos favorecidas. A iniciativa é também auxilia empresas que precisam atender à Lei 10.097/2000, contratando cotas de aprendizes. Além de encaminhar candidatos com o perfil exigido pela lei, o CIEE ministra os cursos teóricos que caracterizam essa modalidade de inclusão socioprofissional, tão relevante que conta com incentivos governamentais.



Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 51 anos, o CIEE já encaminhou 15 milhões de estudantes para estágio e aprendizagem em 250 mil empresas e órgãos públicos parceiros. Para se ter ideia, o contingente de estagiários é maior do que a população da cidade de São Paulo. A marca confirma o crescente reconhecimento da eficácia do estágio e da aprendizagem em duas importantes frentes: como capacitação prática dos jovens para o mercado de trabalho e como fonte de recrutamento de novos talentos. O CIEE também desenvolve uma série de ações de assistência social, com total gratuidade aos beneficiados e destinadas, em especial, a segmentos em situação de vulnerabilidade social como: Programa de Educação à Distância, Inclusão de Pessoas com Deficiência, Alfabetização para Adultos, Desenvolvimento Estudantil e Profissional, Orientação e Informação Profissional, Orientação Jurídica Gratuita à População Carente (Projur), Cursos Gratuitos de Informática, além de Ciclos de Palestras, Concursos Literários – que estimulam a escrita e a leitura -, Feira do Estudante - Expo CIEE, entre outros.

Imprimir