Mato Grosso

Sexta-feira, 19 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Política

Mato Grosso:

Jayme Campos quer duplicação da BR-163 até portos do Arco Norte: “Alta demanda”

Senador ressaltou que trabalha também pela conclusão da obra da BR-158, da BR-242, e outros obras estruturantes necessárias ao Estado

Agência da Notícia com Assessoria

03/04/2024 - 08:07 | Atualizada em 03/04/2024 - 09:27

Jayme Campos quer duplicação da BR-163 até portos do Arco Norte: “Alta demanda”

Foto: Assessoria

A duplicação da BR-163 para facilitar o transporte de grãos produzidos em Mato Grosso para os portos do Arco Norte é uma das prioridades do senador Jayme Campos (União-MT) no campo do desenvolvimento logístico. Nesta terça-feira, 2, ele se reuniu com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Rafael Vitale Rodrigues, e pediu que se inicie imediatamente estudos para viabilizar o empreendimento em função da alta demanda e dos riscos de acidentes. 

Ao lado do deputado estadual Diego Guimarães (Republicanos), Jayme Campos destacou a ‘alta demanda’ de grãos produzidos em Mato Grosso e que necessita chegar com mais rapidez, segurança e em condições de maior competitividade aos portos acima do paralelo 16. O encontro contou também com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda. 

O trecho de 1.009 quilômetros entre Sinop, em Mato Grosso, até Miritituba, no Pará, está sob a responsabilidade da empresa Via Brasil. A concessão, de 10 anos, não prevê obrigação da concessionaria em duplicar. O diretor-geral da ANTT, contudo, admitiu que, em função da movimentação de carga e dos riscos de acidente, os dados técnicos da agência mostram a necessidade da duplicação.

A pedido do senador Jayme Campos, Vitale acenou com a possibilidade de se buscar soluções – a exemplo do que aconteceu no ‘caso Rota do Oeste’, para que sejam viabilizados os investimentos. Para isso, segundo ele, será preciso   “equalizar o contrato para que o retorno do investimento seja equilibrado”.

Desde 2015, os portos do Arco Norte figuram como o segundo maior ponto de saída de grãos de soja e milho do Brasil para o exterior. Jayme Campos, no entanto, considera que a região pode se transformar no maior polo de exportação, com o avanço da produção em Mato Grosso. A questão, inclusive, foi tratada pelo senador durante pronunciamento no plenário do Senado.

“Com a demanda, ou seja, com a explosão demográfica - sobretudo com a nossa grande explosão agrícola -  nós precisamos levar também em conta a necessidade de nós duplicarmos do Trevo de Santa Helena, se possível, até Miritituba” – frisou o senador. No entanto, segundo ele, o trecho que hoje demanda o maior movimento de caminhões e carretas, é o que liga o Trevo Santa Helena até a cidade de Guaratã do Norte.

“Temos que ter é solução, soluções que certamente possam dar melhor trafegabilidade, mas, sobretudo, segurança àqueles que trafegam também nas rodovias de todo esse imenso Brasil, mas particularmente no Estado de Mato Grosso, nesse trecho que é do Trevo da Santa Helena até a cidade de Guarantã, que é um trecho, com certeza, detentor de maior volume de tráfico” – acrescentou.

Além da BR-163, Jayme Campos ressaltou que a bancada federal também está empenhada na  conclusão da obra da BR-158, da BR-242, e outros  obras estruturantes necessárias ao Estado. Ele lembrou que Mato Grosso tem dado imensa contribuição a riqueza nacional, garantindo a elevação do Produto Interno Bruto (PIB), mas lamentou, por outro lado, que o Estado tem recebido “pouco ou quase nada”, em contrapartida do Governo Federal no tocante aos investimentos em infraestrutura: “Mato Grosso quer ter uma contrapartida naquelas obras que são da responsabilidade do Governo Federal” – disse.

 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp