Mato Grosso

Sexta-feira, 19 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Polícia

3º dia de buscas:

Tortura, homicídio e roubo: veja crimes cometidos pelos 6 fugitivos de penitenciária em MT

Tortura, homicídio e roubo: veja crimes cometidos pelos 6 fugitivos de penitenciária em MT

Foto: Reprodução

As forças de segurança de Mato Grosso entraram, nesta sexta-feira (5), no terceiro dia de buscas pelos seis detentos que fugiram do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemos, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Até agora, nenhum dos fugitivos foi localizado, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT).

A fuga ocorreu durante a madrugada dessa terça-feira (2). De acordo com a Sesp, os detentos fugiram após serrarem uma das grades da penitenciária.

O grupo responde por diversos crimes. Abaixo, veja a relação dos crimes cometidos pelos fugitivos:

Richardson Mourão Morais, 21 anos – Corrupção de Menores e Homicídio Qualificado
Rafael da Silva Pires, 24 anos – Tráfico de drogas
Guilherme de Jesus Oliveira, 27 anos – Tortura
Beacil Lopes do Nascimento Neto, 28 anos – Homicídio
Silomar Martins de Oliveira, 29 anos – Roubo
Daniel de Oliveira Souza, 37 anos – Homicídio e roubo

Policiais civis e militares trabalham para tentar recapturá-los. A Secretaria de Segurança Pública disse que reforçou o monitoramento na penitenciária com o envio de policiais penais do Serviço de Operações Especiais (SOE) e do Grupo de Intervenção Rápida (GIR). Os agentes também dão apoio às buscas.

As circunstâncias da fuga serão apuradas tanto na esfera administrativa quanto na esfera criminal, segundo o estado.

Outra fuga

Outros três presos também fugiram do local, no dia 14 de março. Dois deles foram encontrados cerca de 14 dias depois, no Bairro Novo Paraíso em Cuiabá, e em Pontes e Lacerda, a 483 km da capital, sendo eles:

Antônio Benedito Da Silva Pinho, de 36 anos
Daniel Franca Delgado, de 46 anos

Não há informações se o terceiro fugitivo, identificado como Kleberthe Goncalves Pereira, de 34 anos, já foi encontrado.

Segundo a Polícia Civil, eles também fugiram após serrarem as grades das celas e, em seguida, pularam o muro, com auxílio de uma corda artesanal.
 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp