Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 22 de Janeiro de 2021

2 2
:
4 4
:
4 0

Últimas Noticias

Notícias / Política

13 Jan 2021 - 08:50

MP investiga igreja que vendeu imóvel recebido de prefeitura em MT

Promotoria quer saber se o acordo vem sendo cumprido

DIEGO FREDERICI

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
O Ministério Público do Estado (MPMT) instaurou um procedimento administrativo para fiscalizar um acordo firmado entre a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, a antiga Sociedade Beneficente Evangélica (já extinta) e a prefeitura de Alta Floresta (800 KM de Cuiabá). De acordo com a portaria assinada pela promotora de Justiça Carina Sfredo Dalmolin, no último dia 7 de janeiro, o MPMT vai averiguar se as entidades evangélicas repassaram os valores do acordo, que consistia no pagamento de cerca de R$ 41,3 mil à Associação Fraterna Benedita Fernandes (Lar dos Idosos), à Associação de Apoio ao Portador de Deficiência Sensorial (CEEDA), e à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Alta Floresta (APAE).

“Proceda a juntada do acordo realizado e da sentença proferida nos autos, autuando-se o presente como procedimento administrativo, com o propósito de fiscalização do acordo celebrado com as requeridas Sociedade Beneficente Evangélica – SBE e Igreja Evangélica Assembleia De Deus – IEAD”, diz trecho da portaria.

O acordo em discussão foi firmado num processo judicial em que o MPMT revelou que a antiga Sociedade Beneficente Evangélica teria vendido dois imóveis que foram doados pela prefeitura de Alta Floresta para a construção da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, também no município. Para encerrar a discussão judicial, as partes envolvidas no processo firmaram um acordo, em maio de 2020, onde as entidades evangélicas se comprometeram a ressarcir os cofres públicos de Alta Floresta no valor de R$ 948,7 mil.

Parte dos recursos seriam pagos às entidades filantrópicas e o restante à prefeitura de Alta Floresta, em 184 parcelas mensais de R$ 3,4 mil cada. A Assembleia de Deus de Alta Floresta também disponibilizou dois outros imóveis, que somam R$ 191,6 mil para abater no total da dívida.

O acordo informa ainda que em caso de falta de pagamento, haverá a cobrança de multa. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet