Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 1 de Março de 2021

2 2
:
0 6
:
1 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Cidades

3 Fev 2021 - 15:50

Vacinas entregues até agora pela União só servem para vacinar 2,8% da população de MT

Wesley Santiago

Rogério Florentino / Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino / Olhar Direto)
O total de vacinas recebidas até agora pelo governo do Estado é suficiente para imunizar apenas 98 mil pessoas em Mato Grosso, o que corresponde a 2,8% da população, que é de 3,5 milhões de habitantes. Com o hiato na distribuição do parte da União, a equipe de Mauro Mendes (DEM) tenta de alguma forma conseguir a comprar de mais doses, o que não foi possível até o momento. Enquanto isto, a vacinação segue em marcha lenta.Conforme os dados oficiais do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde, foram encaminhadas 161.160 doses do imunizante ao estado. 

Destas, 126.160 são do primeiro lote da Coronavac, já contendo a primeira e segunda dose necessárias para a imunização. Ou seja, com essa quantidade serão vacinadas 63.080 pessoas. 

O Governo Federal também enviou mais 11 mil doses da Coronavac e 24 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. Todas essas são para uso exclusivo para a primeira dose aos profissionais de Saúde, totalizando 35 mil pessoas. 

É importante ressaltar que o Governo de Mato Grosso já distribuiu aos municípios todas as vacinas recebidas, com exceção dos imunizantes guardados para a segunda dose do primeiro lote da Coronavac, que estão armazenados pela Secretaria de Estado de Saúde, e das vacinas reservadas para aplicação nos profissionais de saúde da rede estadual. 

Desta forma, como determina o Plano Nacional de Imunização, cabe a cada um dos 141 municípios de Mato Grosso organizar e aplicar os imunizantes nos grupos prioritários. Até o momento, cerca de 30% das vacinas distribuídas pelo Estado foram aplicadas. 

Busca de compras diretas 

O Governo de Mato Grosso tem buscado a compra direta de vacinas das indústrias farmacêuticas, de forma a complementar a imunização oferecida pela União. 

Já foram requeridas as vacinas da Pfizer, porém a empresa explicou que só negocia diretamente com governos federais. O governador Mauro Mendes também solicitou a aquisição direta junto às empresas chinesas Sinovac e Sinopharm, além de articulação junto à Embaixada Brasileira na China e ao Instituto Cultura Brasil China (Ibrachina) para intermediar a compra.

Marcha lenta

O ritmo de vacinação contra o novo coronavírus em Mato Grosso ainda segue em marcha lenta. Levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, O Globo, Extra, O Estadão de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, com base nos dados das secretarias de saúde colocam o Estado como o sexto que, proporcionalmente, menos imunizou a sua população.

Vale ressaltar que a colocação de Mato Grosso pode ser ainda pior, isso porque Acre e Amapá, que estão atrás no ranking de vacinação, não divulgaram dados novos sobre quantos foram imunizados até a última terça-feira (02).
 
O ranking dos que menos vacinaram até agora no país está da seguinte forma:
 
TO: 9.862 (0,62%)
AC: 5.799 (0,65%)
PA: 59.780 (0,69%)
AP: 6.517 (0,76%)
MG: 176.777 (0,83%)
MT: 31.179 (0,88%)
Mato Grosso tinha até a terça-feira (02) 31.179 vacinados, o que equivale a 0,88% da população do Estado e 19,35% das doses recebidas. O Distrito Federal é a unidade da federação com o processo de imunização mais avançado, com 76.424 doses aplicadas (2,50%).

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet