Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 27 de Fevereiro de 2021

0 7
:
2 9
:
4 1

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

3 Fev 2021 - 17:30

Deputado prega pacto para conclusão do BRT

Folha Max

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) defendeu que seja firmado um pacto político administrativo do governador Mauro Mendes (DEM) com os prefeito de Cuiabá e Várzea Grande, Emanuel Pinheiro (MDB) e Kalil Baracat (MDB), respectivamente, para que as obras do BRT (Bus Rapid Transit) ganhe viabilidade e seja concluída para atender a população usuária do transporte coletivo. 

"Essa obra só vai sair com muito esforço e união política. Tem que romper as diferenças políticas e cada um assumir o papel de estadista. O trabalhador que depende do sistema de transporte coletivo quer a obra concluída e o modal funcionando. Tem que sentar, romper as divergências e trabalhar em prol da população ", disse. A declaração foi dada na manhã desta quarta-feira (3) durante entrevista à Rádio CBN em Cuiabá.

Logo após Cuiabá ser escolhida sede da Copa do Mundo de 2014, ainda em 2009, Wilson Santos, naquela época no exercício do mandato do prefeito de Cuiabá, assinou a intenção de construir o BRT juntamente com o então governador Blairo Maggi e o prefeito de Várzea Grande, Murilo Domingos, em dois trajetos que seriam CPA/Aeroporto e Coxipó Centro.

No entanto, a troca do modal foi substituída por questões meramente políticas e pautado por interesses não republicanos. "Na época, a Assembleia Legislativa, por meio de 22 deputados, convenceu o governador Silval Barbosa a patrocinar a alteração. Essa mudança foi feita para roubar, saquer os cofres do Estado. O próprio Silval admitiu em delação que recebeu R$ 18 milhões de propina de uma única empresa", destacou.

Após o governador Mauro Mendes anunciar em dezembro que não levaria adiante as obras do VLT para assumir o projeto do BRT, a Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei complementar que permitiu  ao Executivo alterar o objeto do contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal (CEF). A expectativa é que até em maio seja lançado o RDC (Regime Diferenciado de Contratação) para seleção das empresas que irão executar a obra.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet