Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 1 de Março de 2021

2 2
:
3 7
:
3 4

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

18 Fev 2021 - 09:20

Ministro garante 230 mi de doses de vacinas até julho; MT receberá 3,9 mi

Governador disse ainda que Estados com menos taxa de ocupação de UTIs podem colaborar com outros

Folha Max

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O governador Mauro Mendes afirmou ter saído bastante satisfeito e confiante após a reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta quarta-feira (17.02). O anúncio é que o governo federal irá disponibilizar até julho 230,7 milhões de doses das vacinas contra a Covid-19 para todos os Estados.

Mauro Mendes participou da reunião junto com todos os governadores do país, por meio de videoconferência. Pazuello ficou de entregar o quantitativo de doses das vacinas que cada Estado irá receber direto aos chefes de Estado. A expectativa é de que Mato Grosso receba 3,9 milhões de doses, que seria suficiente para vacinar quase 2 milhões de pessoas.

“Estou muito satisfeito e saio da reunião muito confiante de que com o que foi apresentado, podemos chegar até a metade do ano com 50% da população vacinada. As duas instituições, Butantan e Fiocruz, são muito sérias e esses contratos celebrados pelo Ministério da Saúde, acredito que serão cumpridos”, destacou Mauro Mendes.

Conforme o planejamento do Ministério da Saúde apresentado aos governadores, em fevereiro serão distribuídas 2 milhões de doses do imunizante produzido pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, importadas da Índia. Em março, serão mais 18 milhões de doses do Instituto Butantan e outras 16,9 milhões de vacinas da AstraZeneca.

O restante das doses está sendo negociado também com laboratórios russos e indianos.

Durante a reunião, o governador de Mato Grosso defendeu que os Estados com taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) até 85%, destinem  5% das doses para os estados com taxa maior. 

“Já os Estados com taxa de ocupação acima de 85%, param de contribuir e aqueles que estão com mais de 95% dos leitos de UTI ocupados, passam a receber mais doses”, pontuou Mauro Mendes.

Na reunião, os governadores também pediram auxílio do governo federal para a compra de medicamentos e equipamentos de UTI, assim como a ampliação do número de leitos de terapia intensiva.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet