Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 18 de Abril de 2021

2 0
:
5 2
:
5 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Política

4 Mar 2021 - 16:00

Consórcio de prefeitos enviará projeto à Câmara para que municípios possam adquirir vacinas

Max Aguiar / Isabela Mercuri

Rogério Florentino / Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino / Olhar Direto)
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que o consórcio público nacional para compra de vacinas contra a Covid-19 deve enviar um projeto de lei à Câmara dos Deputados na próxima segunda-feira (8), com a intenção de que seja autorizada a compra direta de doses dos imunizantes pelas prefeituras. Segundo ele, Cuiabá tem recursos para comprar vacinas para imunizar toda a população.“Estou confiante. O foco é atacar a pandemia. Em paralelo ao atendimento e assistência à população, vamos atacar a causa. Temos que ter os cuidados. O mais importante é ir na causa”, afirmo ao Olhar Direto. “O que nos permite é dar andamento no consórcio, capitais signatárias e encaminhar o projeto de lei para a câmara e tentar adquirir. Segunda vamos encaminhar o projeto, a Frente Nacional está organizando o próximo passo”, explicou.

Ainda de acordo com o prefeito, o município não tem ‘dinheiro sobrando’, mas com apoio da bancada federal conseguirá os fundos necessários para adquirir as vacinas. “Não temos dinheiro sobrando porque estamos bancando sozinhos, esse ano, a crise sanitária. O governo estadual está se comportando sem dar ajuda e Cuiabá carrega a saúde nas costas”, lamentou.

“[Mas] como existe uma boa gestão, saúde é prioridade e estabelecerei toda disponibilidade para comprar, além do apoio da bancada federal, se possível [iremos] vacinar toda a população. Emanuelzinho vai disponibilizar toda [verba de] emendas dele para ajudar nessa situação”, garantiu.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet