Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 14 de Abril de 2021

0 1
:
5 3
:
4 8

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

20 Mar 2021 - 09:02

Estado condena "fake" e garante auxílio de R$ 150 para carentes de 141 cidades

Programa de transferência de renda prevê investimentos de R$ 45 milhões

Folha Max

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O auxílio Ser Família Emergencial, lançado na semana passada, vai selecionar famílias por meio do Cadastro Único (CadÚnico) do Ministério da Cidadania e também abrangerá os beneficiários do Bolsa Família em todos os 141 municípios do Estado. O Governo de Mato Grosso aguarda a aprovação da Assembleia Legislativa para implementar a transferência de renda emergencial.

A previsão do Estado é atender pelo menos 100 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com o auxílio emergencial de R$ 150 por três meses. Serão investidos R$ 45 milhões, em recursos próprios e do Legislativo.O Ser Família Emergencial é um auxílio para famílias de baixa renda que passam dificuldades por conta da pandemia da Covid-19 e terá tempo de duração específico. Por ser uma transferência de renda emergencial, o benefício precisa ser aprovado pelos deputados estaduais.

Já o Programa Ser Família, lançado em dezembro de 2020, é definitivo e está sendo implantado de forma gradativa nos municípios. A meta ao final, também é atender às 141 cidades de Mato Grosso.

Thank you for watching

A princípio, 23 municípios participam da iniciativa, que prevê a distribuição de renda para pessoas vulneráveis, totalizando 5,5 mil cartões e beneficiando grupos distintos e específicos como a família, a mulher vítima de violência, a criança, o idoso e a pessoa com deficiência.

O programa disponibilizará valores que irão variar de R$ 100 até um salário mínimo, dependendo do perfil que será enquadrado o beneficiário. A entrega dos cartões do Ser Família ainda não teve início.

 

Quem terá direito ao Ser Família Emergencial

- o Ser Família Emergencial será concedido às famílias com renda mensal per capita de até R$ 89;

- o auxílio abrangerá beneficiários em situação de pobreza e extrema pobreza, inscritos no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico), e também inscritos no Programa Bolsa Família;

- somente será permitida a concessão de um benefício por família;

- terão preferência na concessão do benefício, as famílias consideradas em estado de extrema pobreza;

- o pagamento do benefício será feito preferencialmente à mulher;

- o auxílio será destinado exclusivamente para compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos a base de tabaco, cosméticos e combustíveis.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet