Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 14 de Abril de 2021

0 1
:
5 0
:
4 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Economia

29 Mar 2021 - 10:22

Gallo: "MT está descolado do resto do país no quesito economia"

Segundo secretário, produtividade do Estado se mantém em alta durante crise sanitária

Midea News

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, afirmou que o Governo conseguiu um bom desempenho econômico mesmo durante a crise causada pela pandemia da Covid-19.

Segundo Gallo, o Estado não passa pelo mesmo aperto que outras unidades da Federação por não ter suas finanças atreladas ao setor de turismo, por exemplo.

“Mato Grosso tem vocação econômica na produção de alimentos, proteínas animal e vegetal e energia. No caso do etanol, a partir do esmagamento de milho, eessas commodities têm mantido um forte preço nas cotações internacionais”, disse, em entrevista à Rádio Capital FM.

Conforme o secretário, tanto a carne quanto a soja, o milho e o etanol, fizeram com que a balança comercial do Estado e a produtividade se mantivessem em alta “mesmo em tempos de arrefecimento, sobretudo no setor de serviços”.

Gallo salientou que o Mato Grosso tem atingido as previsões de arrecadação neste ano e apontou que estados que são mais dependentes do setor de turismo, por exemplo, sentem muito mais o impacto neste momento vivido pelo país, quando a restrição na circulação de pessoas se faz necessária.

“Porque as pessoas continuam consumindo proteínas, se deslocando de carros, ainda mais com o estímulo agora à locomoção individual em detrimento à locomoção coletiva. E isso faz com que a nossa performance na arrecadação atinja bons números, inclusive na geração de emprego e renda”, afirmou.

“Mato Grosso é o estado do país que mais gerou emprego no último trimestre do ano passado. De fato, estamos descolados em relação ao restante do país”, completou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet