Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 13 de Maio de 2021

0 0
:
3 2
:
5 5

Últimas Noticias

Notícias / Geral

1 Abr 2021 - 13:00

Leite: Greve promovida pela APLO causou mais de R$ 8 milhões de prejuízos na economia da região Oeste

Popular Online

O ato grevista promovido pela Associação de Produtores de Leite da Região Oeste de Mato Grosso (APLO) causou impacto negativo provocando prejuízos acima de R$ 8 milhões na economia regional, considerando o período de paralisação em que os caminhões leiteiros dos laticínios foram impedidos de coletar o leite.

O bloqueio de estradas, impedindo a coleta de leite nas propriedades rurais dos produtores que não aderiram ao movimento grevista, foi iniciado no dia 10 de março e liberado seis dias após por determinação da Justiça do Estado de Mato Grosso, através do Juiz da Primeira Vara de Pontes e Lacerda (a 443 km de Cuiabá), Leonardo de Araújo Costa Tumiati. A partir da decisão, os laticínios reiniciaram a coleta do leite no dia 18 de março.

A paralisação, que recebeu apoio de vários politicos da região, causou impacto negativo na economia da região Oeste de Mato Grosso, que produz quinhentos mil litros de leite por dia. Desse total, 30% dos produtores continuaram com a paralisação vindo a normalizar a entrega a partir do dia 30, com o fim da greve que foi anunciada pela APLO.

Um levantamento feito pela redação aponta, de maneira simples, o impacto causado. Com a produção de 500 mil litros de leite por dia, multiplicado em 8 dias de paralização, somam 4 milhões de litros de leite.

Além dos 30% dos produtores que continuaram com a paralização por mais 10 dias, somam 1,5 milhão de litros que multiplicado pelo valor médio de R$ 1,50 pago no litro de leite totaliza mais de R$ 8 milhões de reais de prejuízos.

A Federação da Indústria do Mato Grosso lamentou os prejuízos provocados pelo movimento, que gerou ambiente de incerteza e afetou negativamente a economia da região Oeste.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet