Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 14 de Maio de 2021

0 6
:
1 9
:
0 2

Últimas Noticias

Notícias / Política

10 Abr 2021 - 08:30

‘São bons para escolher candidato', alfineta Botelho sobre ‘inércia’ de bilionários do agro na pandemia

Isabela Mercuri

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), voltou a alfinetar os bilionários do agronegócio pela falta de ações em prol da população durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo o parlamentar, os produtores rurais são bons para se reunir quando querem eleger alguém, mas deveriam se preocupar com outras questões neste momento.“Eu acho que deve sim contribuir. Você vê, nos Estados Unidos os maiores empresários fizeram uma reunião lá dos vinte mais ricos para fazer grandes doações bilionárias para as pessoas que estão passando por este momento. E nós também precisamos - em Mato Grosso, nós temos, para a nossa felicidade, vários bilionários - que eles também encampem isso”, afirmou Botelho em entrevista à Rádio CBN.
 
“Eu disse o seguinte, eles são muito bons para trabalhar na hora de escolher os mandatários do estado, para isso eles são  bons. Eles reúnem, temos que reconhecer isso. O trabalho que eles fazem é fantástico. Levantam recurso, reúnem todo o grupo, eles se unem em torno de um para eleger... é importante isso. Mas agora eles têm que mostrar liderança também nesse momento de guerra, nesse momento de sofrimento da população”, alfinetou o parlamentar.
 
Botelho citou o aumento no preço da soja para dizer que os produtores rurais estão em boa situação e poderiam doar mais. De acordo com dados apresentados por ele, enquanto a saca de soja subiu em torno de 90%, os custos subiram entre 20 e 30%, e o resto ficou de lucro.
 
O primeiro-secretário elogiou o rendimento do agronegócio e as riquezas que geram para o Estado e as Prefeituras, mas afirmou que isso também mostra que eles têm condições de ajudar mais a população. “Fazer grande movimento de cesta básica, uma cruzada contra a fome, não é cabível o estado nosso, que tem esses bilionários aí, e o estado ser rico apenas para poucos, e uma grande parcela da população sem emprego, passando fome? Não. Eu estou fazendo um chamamento. Não estou fazendo provocação, não estou fazendo acusação, nada. Estou fazendo um chamamento deles, que venham para essa luta. Nós estamos esperando, nós queremos eles, são os ícones do empresariado de Mato Grosso e do Brasil”, finalizou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet