Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 13 de Maio de 2021

0 9
:
4 1
:
2 9

Últimas Noticias

Notícias / Economia

14 Abr 2021 - 14:20

MT isenta IPVA para mais de 628 mil veículos; veja setores beneficiados

Todas motos até 160 cc não pagarão impostos, além de carros de vários setores

GILSON NASSER

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou nesta quarta-feira (14) a isenção do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) para diversos segmentos da economia afetados pela pandemia do novo coronavírus. O projeto com essa isenção foi apresentado aos deputados estaduais, que devem apreciá-lo ainda nesta quarta-feira em sessões que serão realizadas ao longo do dia.

Ao todo, mais de 547 mil pessoas físicas e jurídicas serão beneficiadas. Serão isentos do imposto mais de 628 mil veículos. 

Os setores beneficiados, segundo o chefe do Executivo, são de bares, restaurantes, eventos, vans escolares, turismo – hotéis e pousadas -, van de turismo. “Foi feito estudo e é possível essa isenção. Demorou um pouco porque qualquer renúncia de receita demanda estudo técnico, como demanda a LRF”, colocou o governador.

Mauro colocou ainda que motoristas de aplicativos também serão beneficiados com a isenção quer sejam de carros ou motos. “Foram bastante afetados, porque diminuiu a circulação de pessoas, festas, então tiveram redução da receita”, observou.

Thank you for watching

A proposta ainda amplia a isenção do IPVA para todas motos até 160 cilindradas. Somente essa isenção alcança 620 mil motocicletas no Estado. “São pessoas simples: serventes, empregadas, entregas, motoboys e outros, que tiveram queda de renda nesta pandemia”, continuou.

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, detalhou o projeto aos deputados estaduais em reunião no Palácio Paiaguás. Entre as restrições apontadas, são de que veículos de empresas de eventos, bares e restaurantes, além dos aplicativos, devem custar até R$ 100 mil. “Veículos de luxo não cabem neste tipo de isenção”, comentou.

Gallo explicou que o “impacto” na renúncia é de R$ 36 milhões. Para este ano, a previsão de arrecadação do IPVA era de R$ 1 bilhão. “A isenção corresponde a 4% da arrecadação prevista. É um baixo impacto orçamentário para o Estado, mas de grande alcance social”, assinalou.

Segundo o secretário, para efetivar a isenção, serão enviados dois projetos. Um que trata da renúncia fiscal no Orçamento e outro apenas da isenção do IPVA.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), elogiou a proposta do Executivo e destacou que elas devem ser votadas ainda nesta quarta. “Era um pleito da Assembleia Legislativa. Nossas prioridades, neste momento, é saúde e social para a população”, afirmou Max, que também já há a possibilidade de discutir a flexibilização de algumas atividades comerciais, tendo como base a estabilização de casos de Covid nos últimos dias.

Já o primeiro-secretário, deputado Eduardo Botelho, frisou que outros auxílios deverão ser concedidos ao longo deste ano. “Essa pandemia não vai acabar agora. Já avançamos muito, com as cestas básicas, os R$ 150 para os carentes, o IPVA. Mas será necessário mais”.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet