Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 14 de Maio de 2021

0 6
:
5 4
:
5 1

Últimas Noticias

Notícias / Política

16 Abr 2021 - 11:30

Governador sobe o tom e diz que Medeiros só fala "merda" e participa de grupo de "bestas do Apocalipse"

Max Aguiar

Max Aguiar - OD

 (Crédito: Max Aguiar - OD)
O governador Mauro Mendes (DEM) subiu o tom e não economizou críticas ao deputado federal José Medeiros (Podemos) que recentemente atacou a gestão estadual por conta da polêmica envolvendo o atraso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em liberar a vacina russa Sputnik V para ser utilizada no Brasil. Mato Grosso comprou 1,32 milhão de doses para a população. Nas redes sociais, o parlamentar citou exemplo usando o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Ele disse que "antes reclamam que o Bolsonaro falava sobre a cloroquina, que ele não seguia a ciência, agora que o Governo Federal está trabalhando de acordo com a ciência, reclamam também. Vá trabalhar, governador", disse Medeiros em vídeo crítico ao trabalho de Mendes e de outros governadores que compraram a vacina, mesmo sem a liberação. 

Em entrevista nesta sexta-feira (16) à Radio Jovem Pan, o governador disse que o parlamentar só fala "merda", publica fake news e disse que o dinheiro que veio para Mato Grosso foi apenas os R$ 5 bilhões, fora o auxílio emergencial que todo estado e município recebeu. Mauro ainda desafia o deputado a renunciar ao mandato caso seja provado o contrário.

"Esses caras mentem descaradamente e continuam mentindo. Tem uma carta que Mato Grosso divulgou e diz que nós recebemos R$ 5 bilhões. E esse senhor, deputado José Medeiros, só mente descaradamente. Nós não recebemos nada além do que já estava programado. Houve um auxílio emergencial sim, mas o governo de MT recebeu R$ 5 bilhões e eu desafio os deputados que falam merda que prove ou renuncie ao mandato. Se eles não provarem, que renuncie ao mandato. Tem muito político que faz um desserviço para a população", disse Mendes.

Em tom exaltado e com um pouco de acidez no comentário, o governador disse que se Anvisa liberar a vacina, Mato Grosso vai comprar, mas não é politicagem. Só que existe um grupo, denominado "bestas do Apocalipse" que só torce contra e faz fake news. 

Tem dia, segundo o governador, que ele pensa em desistir, mas sabe que se deixar o cargo, pessoas sem Deus no coração assumiriam o posto e tomariam conta do estado.

"Tem político que fica fazendo fake news, mentindo o tempo todo. São Pessoas que não tem amor e não tem Deus no coração. Mente muito. Tem hora que dá vontade de desistir. Mas seu desistisse, eu estaria fazendo o que esses imbecis querem Mas ai os maus tomariam conta. Pra saber se é jogada de marketing, manda a Anvisa liberar. No Brasil ai tem um gupo de pessoa do mal, as bestas do Apocalipse, que ficam fazendo o mal o dia todo. E essas pessoas estão disseminando mentira o tempo todo. Se a Anvisa  aprovar, vamos comprar a vacina", concluiu o governador em entrevista. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet