Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 8 de Maio de 2021

0 9
:
2 1
:
5 8

Últimas Noticias

Notícias / Política

28 Abr 2021 - 08:30

Relator das contas no TCE: “O Governo de MT interrompeu uma série histórica de déficits”

Por unanimidade, Tribunal de Contas deu parecer prévio à aprovação das contas do primeiro ano da atual gestão

Governo de Mato Grosso

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O conselheiro Domingos Neto, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), afirmou que o Governo de Mato Grosso “interrompeu uma série histórica de déficits financeiros”.

Domingos Neto é relator das contas do Estado, referentes à 2019, primeiro ano da atual gestão. Ele deu parecer prévio à aprovação e foi seguido de forma unânime por todos os conselheiros da Corte. A aprovação final cabe à Assembleia Legislativa.

“Mato Grosso vem demonstrando bons índices de recuperação frente a graves crises registradas no passado. Já em 2019, o Governo interrompeu uma série histórica de déficits financeiros e cenários adversos”, afirmou o relator, em trecho do voto, que seguiu o parecer do Ministério Público de Contas (MPC).

De acordo com o conselheiro, o Governo de Mato Grosso demonstrou vários resultados positivos na apresentação de contas, a exemplo do alcance das metas fiscais, redução de dívidas e restos a pagar, cumprimento dos limites constitucionais e diminuição de despesas com pessoal. 

Domingos Neto destacou que houve uma economia orçamentária superior a R$ 3 bilhões no primeiro ano da gestão Mauro Mendes e que pela primeira vez em quatro anos, o Governo gastou menos do que o arrecadado, com saldo positivo de R$ 870 milhões.

“Houve uma forte reversão dos resultados financeiros que ocorriam até então.  O equilíbrio financeiro, inclusive, possibilitou uma segurança maior para o combate à pandemia que teve que ser feito a partir de 2020. É possível verificar que o gestor aplicou medidas para sanar falhas da gestão anterior”, citou.

O governador Mauro Mendes registrou que o parecer prévio pela aprovação das contas mostra que a gestão traçou o caminho correto ao promover o equilíbrio fiscal, que possibilitou investir agora em centenas de obras e ações em todas as regiões de Mato Grosso.

“Consertamos o estado no primeiro ano. E através dessa recuperação das contas e do equilíbrio fiscal é que nós teremos em 2021 e 2022 anos de grandes investimentos e de grandes ações que vão impactar na qualidade de vida do cidadão e no serviço público. Devemos investir algo próximo de 15% da nossa receita corrente líquida este ano. Me sinto muito grato, pois essas ações já estão trazendo resultados para os mato-grossenses”, afirmou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet