Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 14 de Maio de 2021

0 8
:
3 2
:
5 9

Últimas Noticias

Notícias / Geral

4 Mai 2021 - 07:55

Ribeirão Cascalheira comemora 33 anos com ações do Governo do Estado em logística, meio ambiente e agricultura familiar

Nova empresa de transporte intermunicipal de passageiros já foi convocada; Sema agiliza construção de prédio para abrigar secretaria municipal de meio ambiente; e agricultura familiar foi beneficiada com patrulha mecanizada.

Redação

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
Ribeirão Cascalheira, no Vale do Xingu, 10.329 habitantes em uma área de 11,3 mil km2, distante 774 quilômetros de Cuiabá, comemora 33 anos de emancipação administrativa nesta segunda-feira (03.05), com ações do Governo do Estado em logística, meio ambiente e agricultura familiar.

No início de março, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra/MT), convocou uma nova empresa de transporte coletivo intermunicipal de passageiros, categoria diferenciada, para atender ao município.

Com prazo de concessão de 20 anos, nova empresa substitui a anterior, que opera em caráter emergencial.  

Está em construção o prédio para abrigar a sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A obra, sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), é parte do projeto de estruturação e fortalecimento das prefeituras da gestão ambiental.

Os recursos são do Projeto MT Sustentável, do Fundo Amazônia/BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), com previsão de entrega de 17 novas sedes e quatro diretorias de unidades descentralizadas da Sema/MT.

Na atual gestão, entidades e associações ligadas à agricultura familiar ribeirense foram beneficiadas com a entrega, pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SEAF), de uma picape e de uma patrulha mecanizada composta por um trator agrícola 4×4 com potência de 110 CV, uma carreta basculante com capacidade para seis toneladas e uma grade aradora com 18 discos de 28 polegadas.

Saúde e repasses

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) repassou ao município 875 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 37.354 comprimidos, entre azitromicina (4.593), ivermectina (3.674) e dipirona (29.087), também distribuído em gotas, com 714 frascos.              

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 17,59 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 1,595 milhão em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares entre 2019 e 2020; e R$ 779,97 mil em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021. 

Economia

Segundo o IBGE, dois setores – agropecuária (R$ 148,08 milhões) e serviços (R$ 97,9 milhões) – responderam por 69,5% do Produto Interno Bruto (PIB) municipal, de R$ 353,5 milhões. Administração pública (R$ 59,5 milhões), impostos (R$ 31,9 milhões) e indústria (R$ 16,6 milhões) fecham a soma.  O PIB per capita é de R$ 35.068,07.     

Pelos dados de 2018, do IBGE, a agropecuária tem como carros-chefes a produção de soja, com 297 mil toneladas, milho (60 mil toneladas) e algodão (12,49 mil toneladas) e um rebanho bovino com 280 mil cabeças, das quais 2,69 mil vacas ordenhadas com uma produção de 2,45 milhões de litros de leite.

A pecuária cascalheirense responde ainda por um rebanho galináceo com 37,4 mil cabeças, das quais 9,7 mil galinhas, com 74 mil dúzias de ovos; 7 mil suínos, com 1,3 mil  matrizes); 3.921 equinos; e 2.197 ovinos; além de 33 toneladas de peixes em cativeiro e 1,3 mil tonelada de mel de abelha.

A produção agrícola abrange ainda banana, coco-da-baía, arroz, cana-de-açúcar, feijão e mandioca. É também o maior extrator estadual (oitavo no ranking nacional) de pequi, com 570 toneladas.     

História

O primeiro nome foi Ribeirão Bonito, dado por volta de 1968, quando os pioneiros se instalaram às margens do Córrego Suiazinho, abrindo o primeiro comércio e a pensão. Chegou a ser chamado também de Alta Cascalheira, Guedolândia e Divineia. O nome atual é resultado da justaposição dos nomes Ribeirão e Cascalheira.

Como distrito, criado em 1984, ainda como nome de Ribeirão Bonito, foi subordinado à Canarana. Foi elevado a município em 03 de maio de 1988, desmembrado de Canarana e São Félix do Araguaia. 

A região foi palco de vários conflitos agrários, culminando com o assassinato do padre João Bosco Penido Burnier, missionário entre os índios Bakairi, 1976, ainda no período ditatorial.   


Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet