Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Junho de 2021

0 2
:
1 0
:
1 1

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

27 Mai 2021 - 16:00

Taxa de internação por Covid-19 cresce 106% em Cuiabá; aumento entre crianças é de 141%

Fabiana Mendes

Rogério Florentino / Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino / Olhar Direto)
A taxa de internação de pacientes com Covid-19 aumentou 106% em Cuiabá do começo do ano de 2021 até o dia 22 de maio. Na Semana Epidemiológica (SE) 1 era 614,3 internações/100.000 habitantes, ao comparar com a atual semana (1.263,6/100.000),Ela é ainda mais elevada entre as crianças (141%) e adultos de 20 a 59 anos com aumento de aproximadamente 110% (114,7% entre 20 a 29; 110,5% entre 30 a 39; 114,4% entre 40 a 49 anos e 114,6% entre 50 a 59 anos), quando comparados com idosos (86,4%).A taxa de incidência em Cuiabá cresceu 1,8% comparado as duas últimas semanas e segue acima de Mato Grosso e do Brasil. Apesar disso, o aumento proporcional é muito inferior, tendo em vista que no estado o crescimento, nas duas últimas semanas, foi de 5,5% e no Brasil, 6,0%.

Na capital a taxa é de 13.489,4 casos/100.000 habitantes, Mato Grosso 11.315,4/100.000 habitantes e do Brasil (7.636,3/100.000 habitantes).

A taxa de incidência expressa o número acumulado de Covid-19 em relação à população, portanto, enquanto houver casos novos, ela será sempre crescente, entretanto, nas últimas semanas, foi observado redução do crescimento percentual da taxa de incidência em Cuiabá.

Entre os casos de Covid-19 residentes em Cuiabá, 9,5% foram hospitalizados e com taxa de hospitalização de 1.263,6/100.000 habitantes.

A taxa de mortalidade, que mede o risco de morte por Covid-19 na população cuiabana (456,7/100.000 habitantes), permanece mais elevada que a taxa do estado (303,1) e mais que o dobro da taxa de mortalidade do país (213,3).

Entretanto, nas duas últimas semanas, o crescimento (3,2%) da taxa de mortalidade na capital foi inferior ao crescimento no estado (5,2%) e inferior ao crescimento da taxa de mortalidade no Brasil (6,4%).

Alguns fatores como a confirmação diagnóstica dos óbitos podem influenciar nos resultados referentes aos indicadores de mortalidade, contudo, a resposta adequada aos casos graves da doença pode influir na mortalidade.

O sexo feminino apresenta maior taxa de incidência (14.502,6/100.000) quando comparada à do sexo masculino (12.427,5/homens). Por outro lado, a taxa de hospitalização e de mortalidade foram mais elevadas no sexo masculino: 1.387,3/100.000 e 525,1/100.000, respectivamente, apontando risco distintos entre os sexos.

A taxa de incidência por faixa etária, revela que a taxa mais elevada é de adultos de 30 a 39 anos (18.626,2/100.000 habitantes), seguida por 40 a 49 anos (18.568,7), 50 a 59 anos (17.095,9) e 20 a 29 anos (16.777,5), apontando para o risco maior de infecção por Covid-19 nos indivíduos em idade produtiva, principalmente em adultos de 30 a 39 anos.

A taxa de hospitalização por faixa etária revela o crescimento com o aumento da idade sendo 939,18 internações por 100.000 habitantes entre os de 30 a 39 anos e 4.335,15 internações para cada 100.000 habitantes de 60 anos ou mais. Assim como a taxa de hospitalização, a taxa de mortalidade é mais elevada em idosos (2.388,1) e com tendência de crescimento com o aumento da idade. A letalidade em idosos é a mais alta (15,9%), porém chama atenção que a letalidade em crianças é maior que a de adolescentes e de adultos jovens (20 a 29 anos).O incremento da taxa de incidência, entre 02 de janeiro e 22 de maio de 2021, em crianças, adolescentes e adultos jovens (20 a 29 anos) chama a atenção. Enquanto a taxa de incidência na população geral cresceu 87,0%, em idosos o crescimento foi 82,3%, em adolescentes 131,0%, em crianças 113,2% e em adultos jovens, 89,3%.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet