Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 21 de Janeiro de 2022

2 2
:
5 5
:
3 3

Últimas Noticias

Notícias / Política

28 Mai 2021 - 14:20

Deputado critica OAB e Defensoria por brigar pela vacinação de presos em detrimento de outras categorias

Wesley Santiago

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) criticou o que chamou de inversão de valores com a vacinação de presos acima de 60 anos e com comorbidades, em Cuiabá. Segundo o parlamentar, os órgãos de defesa deveriam estar preocupados em priorizar outros tipos de públicos, que estão constantemente se deslocando por conta de seus trabalhos. A fala foi proferida em sessão plenária na Assembleia Legislativa, na quarta-feira (26).A medida foi imposta à administração municipal pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Defensoria Pública de Mato Grosso, que exigiram a elaboração de um cronograma e a execução do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, sob multa diária de R$ 100 mil com o descumprimento da decisão judicial.
 
“Quero observar as inversões de valores e incoerências que acontecem em nosso país. Com todo respeito a estes órgãos competentes, mas por que não lutar pela vacinação dos professores que estão para retornar as aulas no próximo mês? Por que não lutar para terminar a vacinação dos servidores da segurança pública? E os caminhoneiros que estão se arriscando neste país, nestas estradas, e não foram vacinados? O pessoal que trabalha nas farmácias, entre outras tantas categorias que precisavam ser vacinadas como prioridade. Mas infelizmente a luta da Defensoria e OAB é pela vacinação dos presos”, revolta o parlamentar.
 
Os recuperandos imunizados estão na Penitenciária Central do Estado (PCE), Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) e o Centro de Custódia da Capital (CCC), totalizando cerca de 40 pessoas.
 
“Agora, iniciou essa vacinação nas unidades prisionais de Cuiabá. Fica essa observação. Já perdemos vários valorosos profissionais da segurança pública no estado de Mato Grosso. Fica a nossa indignação com essas decisões em nosso país. Vacinar primeiro os presos e outro pessoal que está se arriscando no dia a dia, principalmente os nossos professores que estão para voltar para as salas de aula”, declarou Claudinei.
 
Mato Grosso já recebeu a quantidade de 1.209.990 vacinas, sendo que já foram aplicadas 573.653 e 274.494, respectivamente, para pessoas que receberam a 1° e 2° dose.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet