Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Junho de 2021

0 0
:
4 8
:
3 8

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

1 Jun 2021 - 09:01

15 policiais e outras 10 pessoas viram réus por envolvimento em esquema para acobertar crimes em MT

Entre os crimes imputados aos denunciados estão organização criminosa, concussão, roubo, tráfico, porte ilegal de arma de fogo e 'embaraço' à investigação.

G1-MT

A juíza Ana Cristina Mendes, da 7º Vara Criminal de Cuiabá, acatou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), nesta sexta-feira (31), e tornou réus 15 policiais e outras 10 pessoas por envolvimento em esquema criada para acobertar crimes no estado.

Foram denunciadas 25 pessoas pelo MP, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco). O grupo denunciado inclui 12 investigadores da Polícia Civil, sendo um aposentado e dois demitidos, 3 policiais militares - um da ativa, um demitido e outro da reserva - e mais 10 pessoas.

A denúncia foi oferecida após a “Operação Renegados”, deflagrada em 4 de maio. Na ocasião, foram expedidos 44 mandados, sendo que destes 22 foram de prisão preventiva. Até agora, cinco pessoas denunciadas ainda estão foragidas, segundo o MP.

Entre os crimes imputados aos denunciados estão organização criminosa, concussão, roubo, tráfico, porte ilegal de arma de fogo e 'embaraço' à investigação.

Operação

A 'Operação Renegados' é resultado de um Procedimento de Investigação Criminal (PIC) instaurado no Gaeco e inquéritos instaurados pela Corregedoria Geral da Policial Civil.

O objetivo foi desarticular a organização criminosa composta por policiais civis e militares, dentre outros membros, além de informantes utilizados pelo grupo criminoso.

Segundo o Gaeco, a organização era comandada por policial da ativa, o qual se utilizava de técnicas de investigação com o uso de equipamentos da Polícia Judiciária Civil, além da facilidade de ser chefe de operação de uma delegacia da capital, para facilitar e encobrir as ações criminosas do grupo.

Dois ex-policiais do estado alvos da operação já tinham sido presos por tráfico de drogas e um por sequestro.

Um dos ex-policias envolvidos já foi preso no ano passado quando foi flagrado com uma grande quantidade de drogas, em Cuiabá. Outro deles já foi julgado e condenado por tráfico. Um terceiro ex-policial foi preso depois de receber R$100 mil do sequestro de um homem que ele havia apreendido quando ainda estava na ativa.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet