Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Junho de 2021

0 2
:
2 2
:
0 0

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

1 Jun 2021 - 09:52

Milho inaugura a terça-feira estendendo ganhos na B3 e retomando os R$ 100,00

Chicago retorna do feriado altista pra os futuros do cereal

Notícias Agrícolas:

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
A terça-feira (01) começa com os preços futuros do milho estendendo os ganhos na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 1,43% e 2,14% por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento julho/21 era cotado à R$ 97,34 com alta de 1,48%, o setembro/21 valia R$ 99,20 com elevação de 1,77%, o novembro/21 era negociado por R$ 100,20 com valorização de 2,14% e o janeiro/22 tinha valor de R$ 101,43 com ganho de 1,43%.

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, muitas regiões de safrinha registraram a ocorrência de granizo e com isso as perdas decorrentes da chuva podem ser até maiores do que os benefícios da volta das precipitações.

“A B3 está respondendo a isso. O mercado dos investidores está puxando para cima em função de que eles acreditam que o granizo e o vento vão trazer mais prejuízos do que resultados positivos”, relata.

Mercado Externo
A Bolsa de Chicago (CBOT) retorna do feriado do Memorial Day subindo para os preços internacionais do milho futuro. As principais cotações registravam movimentações positivas entre 13,50 e 18,25 pontos por volta das 08h59 (horário de Brasília).

O vencimento julho/21 era cotado à US$ 6,70 com alta de 13,50 pontos, o setembro/21 valia US$ 5,90 com ganho de 16,75 pontos, o dezembro/21 era negociado por US$ 5,63 com valorização de 18,25 pontos e o março/22 tinha valor de US$ 5,70 com elevação de 17,75 pontos.Segundo informações do site internacional Successful Farming, os grãos aumentaram no comércio da madrugada devido aos sinais de forte demanda por commodities agrícolas e ao clima adverso nas regiões de cultivo.

As vendas de milho até aqui estão em 68,6 milhões de toneladas, um aumento de 72% ano a ano, de acordo com o último relatório do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Somente na última quinta-feira (27), exportadores relataram vendas de 152.400 toneladas de milho para entrega a um país não identificado no ano comercial que começa em 1º de setembro.

A publicação ainda destaca que, nos Estados Unidos, partes das planícies do norte estão sofrendo com o clima extremamente seco. Cerca de 17,7% da Dakota do Norte está sofrendo de uma “seca excepcional”, a categoria mais severa possível, de acordo com o Monitor de Secas dos EUA.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet