Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 19 de Setembro de 2021

0 8
:
3 7
:
1 4

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Geral

22 Jun 2021 - 08:51

Mais de 2,7 mil presos são inscritos em prova para concluir estudo e reduzir pena em 50% em MT

Esse foi o maior número de inscrições feitas desde 2013. O exame dá a oportunidade aos presos de concluírem a educação básica.

Redação

Mato Grosso tem 2.734 presos inscritos no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja PPL), conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT). A prova é uma oportunidade dos reeducandos concluírem os estudos e rezudir a pena em até 50%.

De acordo com a Sesp-MT, esse foi o maior número de inscrições feitas desde 2013. Naquele ano, foram 150 inscrições e, em 2019, esse número chegou a 2.036.

O exame de certificação dá a oportunidade aos inscritos de concluírem a educação básica e de avaliarem seus conhecimentos nas provas.

Conforme a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o preso que concluir o ensino fundamental ou ensino médio poderá requerer a remição de pena de 50% da carga horária cumprida.

Estão incluídos no programa os que fazem uso de tornozeleira eletrônica, estão em regime semiaberto e aberto, e dentro do sistema penitenciário.

Por meio de iniciativa do Núcleo de Ensino nas Prisões (NEP), vinculado à Adjunta de Administração Penitenciária da Sesp-MT, pessoas que se encontram em outros regimes penais, como semiaberto e egressos do Sistema Penitenciário, terão a oportunidade de conclusão dos ensinos fundamental e médio.

A secretaria informou que essa é a primeira vez que este público será atendido no estado com a realização do Encceja, em cumprimento ao Plano Estadual de Educação para Pessoas Privadas de Liberdade e Egressos.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet