Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 28 de Setembro de 2021

1 0
:
2 7
:
0 4

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Política

29 Jun 2021 - 08:50

Com a intenção de enganar o eleitor, coligação propõe impugnação infundada contra Bruno Mena

Redação

A Coligação encabeçada pela candidata Marinilde (MDB) que disputa a prefeitura de Matupá nas eleições suplementares, entrou com impugnação de registro de candidatura contra o candidato Bruno Mena (DEM), alegando que o mesmo por ter sido candidato a vice-prefeito do prefeito cassado Fernando Zafonato (DEM), não poderia disputar as eleições.

Fernando Zafonato foi afastado por um processo que não tem ligação com o pleito eleitoral, mas que indeferiu o registro de sua candidatura, por outro lado o registro de Bruno como vice-prefeito foi aprovado.

A Lei que trata sobre a inelegibilidade, 64/90, em seu artigo 18 diz que:

“A declaração de inelegibilidade do candidato a prefeito não atingirá o candidato a vice-prefeito”.

O próprio TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL – TSE, já se manifestou diversas vezes neste sentido, uma das vezes no processo RO nº 29659:
“as causas de inelegibilidade possuem caráter pessoal, afastando a responsabilização objetiva do outro candidato que componha a chapa”.

Em contato com a assessoria jurídica de Bruno, Dr. Marcus Macedo, o mesmo disse que: “Esta impugnação não foi uma peça jurídica, foi uma peça política, para ser utilizada politicamente para tumultuar as eleições e confundir o eleitor matupaense, tenho certeza que a Justiça Eleitoral irá coibir de forma veemente este tipo de atitude!”

O candidato a prefeito Bruno em contato com a nossa redação disse:

“já esperava este tipo de atitude dos meus adversários. Na eleição passada fizeram uma verdadeira gincana jurídica contra mim, ao todo entraram com seis pedidos de impugnação e venci todos em primeira instancia, e no TRE venci todos por 7 a 0, novamente eles serão derrotados nos tribunais, espero que surja alguma punição, não é possível usar a justiça desta forma.”

E concluiu dizendo que:

“quem não tem voto tenta confundir o eleitor, mas vão quebrar a cara novamente!”

As eleições suplementares em Matupá acontecem do próximo die 1° de Agosto.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet