Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 20 de Janeiro de 2022

2 2
:
4 4
:
5 5

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

13 Jul 2021 - 07:35

Estado flagra caça ilegal e devolve 250 tartarugas para a natureza em Novo Santo Antônio

Os animais estavam condicionados em sacos, cobertos com folhagens, dentro de três embarcações que foram apreendidas junto a petrechos e redes de pesca

Redação

Em uma ação de fiscalização e monitoramento, equipes da Secretaria de Estado e Meio Ambiente (Sema-MT) e Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (PMPA) apreenderam e devolveram à natureza mais de 250 tartarugas-da-amazônia.

O flagrante da caça ilegal do quelônio aconteceu neste domingo (11.07), no entorno do Parque Estadual do Araguaia, localizado no município de Novo Santo Antônio (1.063 km da capital). 

Conforme o gerente do Parque Estadual do Araguaia, Johann Dávilas Barros Cavalcante, operações integradas com as forças de segurança têm coibido o crime de caça de espécies de fauna silvestre, que é punível com detenção de seis meses a um ano, e multa, conforme a Lei de Crimes Ambientais (Lei federal 9.605/98). 

Os animais estavam condicionados em sacos, cobertos com folhagens, dentro de três embarcações que foram apreendidas, junto a petrechos e redes de pesca. Os responsáveis fugiram do local e não foram identificados. 

Por estar ameaçada de extinção, a tartaruga-da-amazônia (Podocnenis expansa) é protegida por lei para captura, posse, transporte e comércio. Ainda assim, a espécie sofre forte pressão e a caça ilegal acontece porque a sua carne tem valor comercial nas cidades próximas ao Parque por ser considerada um prato exótico. 

Rico em biodiversidade, o Parque Estadual do Araguaia é a maior unidade de Conservação de Mato Grosso, com cerca de 230 mil hectares, e uma das 33 Unidades de Conservação de Proteção Integral administradas pela Sema-MT. 


Vídeo Relacionado

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet