Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 27 de Setembro de 2021

1 9
:
5 9
:
1 3

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Educação

15 Jul 2021 - 10:22

Estado desconsidera Sintep e garante que aulas voltam em agosto

Secretário explica que quase todos professores já tomaram 1ª dose

Folha Max

David Borges

 (Crédito: David Borges)
O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, afirmou que o retorno das aulas na rede estadual de ensino no sistema híbrido vai ocorrer no dia 3 de agosto. As declarações foram dadas nesta quarta-feira (14), em entrevista ao Jornal do Meio-dia. “No nosso calendário é para retornar as aulas depois do recesso no dia 3 de agosto na modalidade híbrida. Nós estamos trabalhando para isso já há algum tempo”, disse o secretário.

Segundo Porto, tanto as escolas quanto os profissionais estão preparados para retomar as atividades. “As nossas escolas estão preparadas e mandamos recursos para todas elas tanto para questão de aquisição de material de prevenção a Covid, quanto às orientações de como trabalhar cumprindo os protocolos de biossegurança, também o plano de contingência e todas as orientações ao longo desses seis meses a gente trabalhou, principalmente na formação da prática pedagógica dentro de sala de aula na modalidade híbrida”, explicou.

No mês passado, a Assembleia Legislativa (ALMT) derrubou o veto do governador ao trecho de um projeto que condiciona o retorno das aulas presenciais à imunização de todos os profissionais da Educação contra a Covid-19.  Sobre o assunto, o secretário comenta que Governo do Estado priorizou a vacinação dos servidores da educação e praticamente todos os profissionais já receberam pelo menos a primeira dose do imunizante.

“O Governo do Estado priorizou as vacinas para os profissionais da educação. Hoje praticamente 100% já tomaram a primeira dose e alguns municípios já registraram que aplicaram a segunda dose dos profissionais da educação. A gente está bastante otimista e sabemos que muito dos professores que estão na rede também querem retomar suas atividades presenciais e nesse primeiro momento a gente quer retomar de forma gradativa com 50% da capacidade da sala de aula”, argumentou Porto.

Apesar da pressão por parte do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep-MT), quanto a cobrança de vacinação dos profissionais como condicionante para o retorno das aulas, Porto afirma que a data não deve mudar. “O Sintep é um sindicato. Quem decide o que vai acontecer dentro das escolas não é o sindicato. É a Secretaria de Estado de Educação. É o Governo do Estado e todas as orientações foram encaminhadas”, finalizou o secretário.

14.07.2021 16h:04 » Estudantes de Barra do Garças participam de projeto que mistura literatura e artes visuais

14.07.2021 15h:03 » Anúncio de volta às aulas presenciais gera repercussão negativa entre alunos da UniCathedral

12.07.2021 15h:03 » Seduc abre inscrições para quatro cursos de formação continuada no Casies

12.07.2021 14h:02 » Seduc-MT cede à prefeitura de Barra do Garças prédio que vai abrigar escola municipal

08.07.2021 10h:10 » Prefeitura mantém aulas presenciais suspensas em Barra do Garças até imunização completa de professores

29.06.2021 10h:10 » Seduc fará acompanhamento da saúde dos servidores nos dias 7 e 8 de julho

22.06.2021 15h:03 » Univar realiza cerimônia de posse de nova pró-reitora de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão

21.06.2021 14h:02 » Dois projetos da Arena da Educação são finalistas na Feira de Jovens Cientistas

17.06.2021 09h:09 » Governo de MT aumenta em 47% os repasses para as escolas estaduais

13.06.2021 08h:08 » Aulas para Enem e concurso de redação começam nesta segunda-feira (14) na TV Assembleia
 
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet