Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 27 de Setembro de 2021

1 0
:
1 9
:
1 4

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Cidades

23 Jul 2021 - 08:20

Outdoor com mensagem contra governo Jair Bolsonaro é derrubado em município de MT

Da Redação - Marcos Salesse

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
Um outdoor contendo uma mensagem contra o governo de Jair Bolsonaro (Sem partido) foi derrubado no município de Mirassol D'Oeste (297 km de Cuiabá). A imagem da estrutura derrubada foi publicada pelo deputado Estadual, Lúdio Cabral (PT), que apontou o fato como uma manifestação de censura. Na tarde de quarta-feira (21), a Prefeitura do Município chegou a publicar nota repudiando a instalação do outdoor. 

Na mensagem, os manifestantes atribuíam as mais de 500 mil mortes causadas pela Covid-19 à gestão do atual presidente. “Hoje seu voto tirou o amor de mais de 500 mil pessoas. Nas próximas eleições, tenha consciência do seu voto. Mirassol D’Oeste não apoia o governo Bolsonaro”, diz o outdoor. 

As imagens da estrutura derrubada causaram revolta em alguns internautas críticos ao presidente, que também afirmaram que a ação se trata de uma censura. “A censura tem dois pesos e duas medidas no Brasil”, escreveu uma internauta na publicação de Lúdio. 

Antes da derrubada do outdoor, a Prefeitura de Mirassol D'Oeste chegou a publicar uma nota repudiando a mensagem descrita na estrutura. Para a administração municipal, os manifestantes utilizam indevidamente o nome do município. “O Prefeito de Mirassol d'Oeste, Héctor Alvares Bezerra, comunica a toda a população que não autorizou a instalação de outdoor contendo o nome do município de Mirassol d'Oeste com viés político, o qual repudia”, diz em trecho da nota. 

Na mensagem publicada também em uma rede social, a Prefeitura afirma que irá tomar medidas legais para barrar a utilização do nome do município em manifestações que apresentem teor político. “As medidas legais serão tomadas para salvaguardar o direito do município de Mirassol d'Oeste pelo uso indevido de seu nome em manifestação política”, finalizou. 

Em maio deste ano, 10 placas contratadas por sindicatos e entidades da educação foram removidas antes mesmo de serem todas fixadas no município de Sinop (480 km de Cuiabá), após ameaças de empresários da região. Durante o período de instalação dos primeiros outdoors, a vereadora do município, Graciele Marques (PT), chegou a ser hostilizada pelos apoiadores do presidente, que apontaram a parlamentar como financiadora do movimento. 

Os ataques começaram na primeira semana do mês seguinte, quando Graciele começou a receber em suas redes sociais e em aplicativos de mensagens recados como: “não vai se criar em Sinop”, “PTista só matando”, “tem que descer a lenha nessa petista”. De acordo com a parlamentar, as ofensivas também partiram de pessoas ligadas ao agronegócio. A vereadora também sofreu ameaças de morte por parte de apoiadores e precisou tomar medidas judiciais para resguardar sua segurança. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet