Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 28 de Setembro de 2021

1 1
:
3 4
:
0 7

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Polícia

23 Jul 2021 - 10:01

Juiz acolhe pedido da defesa e Silval se livra de tornozeleira

Ex-governador deverá apenas comparecer mensalmente em Juízo; atualmente, Silval mora em Matupá

Agência da Notícia com Redação do Mídia News

Agência da Notícia com Reprodução

Ex-governador deverá apenas comparecer mensalmente em Juízo; atualmente, Silval mora em Matupá (Crédito: Agência da Notícia com Reprodução)

Ex-governador deverá apenas comparecer mensalmente em Juízo; atualmente, Silval mora em Matupá

O ex-governador Silval Barbosa conseguiu na Justiça a progressão para o regime aberto diferenciado, devendo comparecer mensalmente em Juízo e não mais sendo necessário o monitoramento por tornozeleira eletrônica.

 

A decisão é do juiz Leonardo de Campos Costa e Silva Pitaluga, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, acolhendo embargos de declaração ingressados pela defesa de Silval.

 

“Diante disso, com fundamento no artigo 382 do CPP, admito e acolho a pretensão recursal, a fim de fixar como única condição para o cumprimento de pena em regime aberto diferenciado, a saber: o comparecimento mensal em Juízo”, disse o juiz em trecho da sentença.

Delator do maior esquema de corrupção de Mato Grosso, que desviou mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos, Silval estava cumprindo sua pena em regime aberto nos últimos dois anos.

 

Antes disso, passou quase dois anos preso em regime domiciliar e mais um ano e 9 meses detido em regime fechado.

 

Silval firmou colaboração premiada com a Justiça em agosto de 2017.

 

Na delação, ele detalhou diversos crimes ocorridos na sua gestão e de seu antecessor, Blairo Maggi, entre eles o pagamento de '"mensalinho" para deputados estaduais.

 

Ao todo, o ex-governador já foi condenado a mais de 25 anos de prisão por organização criminosa, concussão e lavagem de dinheiro. Ele e sua família devolveram para a Justiça cerca de R$ 70 milhões.

 

Em junho do ano passado, o ex-governador recebeu autorização da Justiça para morar em São José do Rio Preto (SP). Ele alegou, na ocasião, que pretendia morar com a filha.

 

No ano anterior ele já havia conseguido autorização para ir até o municípios a fim de participar do casamento dela.

 
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet