Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 27 de Setembro de 2021

0 9
:
2 7
:
5 5

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Política

27 Jul 2021 - 10:12 | Atualizado em 27 Jul 2021 - 10:40

Mendes encontra Bolsonaro e cobra obras: “BRs em MT não andam” um dos assuntos será a BR- 158

Governador fará reunião em Brasília nesta terça-feira e afirmou que irá tratar de infraestrutura

Agência da Notícia com Redação do Mídia News

Agência da Notícia

Governador fará reunião em Brasília nesta terça-feira e afirmou que irá tratar de infraestrutura (Crédito: Agência da Notícia)

Governador fará reunião em Brasília nesta terça-feira e afirmou que irá tratar de infraestrutura

Investimentos do Governo Federal em infraestrutura em Mato Grosso serão a principal pauta do encontro entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta terça-feira (27).

Mendes afirmou que sua gestão tem feito grandes investimentos nas rodovias que são de responsabilidade do Estado, mas precisa que o mesmo tratamento seja dado às estradas federais que cortam Mato Grosso.

“Vamos lá para falar de infraestrutura. Temos a BR-158 que está parada, a 242 que está parada, a 080 também parada, a 174 parada. Então, são importantes rodovias federais dentro de Mato Grosso e que não estão andando”, disse ele.

Mendes afirmou que deve entregar até o final do mandato, em 2022, 2.500 km de asfalto, entre construção e restauração de rodovias, mas que é necessário que os projetos do Governo Federal também tenham andamento.

“Isso nos preocupa muito, porque o Governo do Estado está fazendo importantíssimos investimentos. Agora, as rodovias federais são eixos estruturantes com as quais precisamos nos ligar”, afirmou.

“Vou dar um exemplo: estamos asfaltando de Aripuanã até a BR-174. Mas a 174 está lá, de chão. Então, vamos dialogar com o presidente basicamente sobre infraestrutura”, completou.

Estadualização

Na semana passada, Mendes já havia adiantado que também deve se oferecer para ajudar a União a destravar as obras na região noroeste do Estado, que ele acusa de estar abandonada pelo Governo Federal.

Um dos pontos que podem ser tratados é a possível estadualização da BR-174. O trecho entre os municípios de Castanheira e Colniza não é pavimentado.

“São 300 km para chegar na cidade de Colniza de estrada de chão e queremos fazer essa rodovia”, emendou. 

O governador apontou que existem duas possibilidades quanto ao pleito encaminhado ao presidente: a estadualização ou o Estado assume a obra e depois “devolve” para a União.


Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet