Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 27 de Setembro de 2021

1 0
:
5 0
:
1 0

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Política

27 Jul 2021 - 10:35

Senador articula apoio de Bolsonaro para a reeleição de Mendes

Governador ainda não fala publicamente em buscar segundo mandato, mas sinaliza positivamente

GAZETA DIGITAL

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
Mesmo sem uma real confirmação de que o governador Mauro Mendes disputará a reeleição, o Democratas segue trabalhando firme para ampliar o arco de aliança ao gestor estadual para as eleições de 2022. Essa articulações também passam pelo Palácio do Planalto e miram diretamente em um possível apoio do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) ao comandante do Palácio Paiaguás.

A ponte entre Brasília e Mato Grosso vem sendo arquitetada pelo senador Jayme Campos, que também é vice presidente nacional do DEM e não descarta uma dobradinha entre Bolsonaro e Mendes. "Na política tudo é possível porque é a arte do entendimento e do diálogo. Eu não vejo o porque o presidente Jair Bolsonaro não possa apoiar o governador Mauro Mendes em uma possível reeleição e Mauro Mendes apoiar Bolsonaro", expressou.

No segundo turno das eleições de 2018, o governador preferiu ficar neutro em relação à disputa presidencial travada entre Fernando Haddad e Bolsonaro, que acabou sendo eleito, inclusive, com forte apoio do agronegócio. Desde então, o chefe do Executivo tem mantido uma relação harmônica com o Planalto e chegou a evitar críticas à União durante a pandemia da covid-19.

Nesse contexto, Jayme enfatizou que não enxerga dificuldades na aliança, mas afirmou o assunto depende de um consenso da partido. Ao expressar sua opinião pessoal, o parlamentar acrescentou que essa seria a melhor decisão e que não imagina uma união com o Partido dos Trabalhadores (PT).

"Eu preciso ouvir a opinião dos outros, mas eu não vejo nenhuma dificuldade do DEM caminhar com o presidente Bolsonaro, que é o melhor caminho. Até mesmo porque, água com óleo não se mistura, o Democratas sempre lutou contra o PT", complementou.

Jayme ainda revelou que pretende debater a possibilidade com o presidente nacional do DEM, ACM Neto, após o término do recesso parlamentar. Paralelo à isso, Mauro Mendes também deve se reunir com o presidente nos próximos dias.

O encontro dos dois gestores foi adiado recentemente após o chefe da república sofrer uma obstrução intestinal. Um dos assuntos que estavam na pauta do governador seria referente a logística no Estado. No entanto, as articulações políticas também devem ser inseridos na pauta.

"Vou ter uma conversa com o diretório nacional após o recesso. Vamos debater qual é a possibilidade e o encaminhamento do DEM. É óbvio que tem o direito ao contraditório, mas vamos fazer uma votação para decidir isso", finalizou Jayme.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet