Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 24 de Setembro de 2021

0 6
:
0 5
:
0 6

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Cidades

27 Jul 2021 - 16:19

Juiz manda Sindspen mostrar autorização para desconto sindical

Cópias das filiações de servidores para desconto em folha terão que ser apresentadas no processo

Da Redação - Folha Max

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

O juiz da 5ª Vara Especializada da Fazenda Pública da Comarca de Cuiabá, Roberto Teixeira Seror, negou liminar ao Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado (Sindspen), que pedia a suspensão do ato da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), determinando que o sindicato apresente as cópias das autorizações das filiações de servidores públicos à entidade para desconto sindical em folha de pagamento.

Roberto Seror destacou na ação que a iniciativa do Governo do Estado é legal e regular. O ato administrativo da Seplag busca identificar as autorizações de consignações de contribuições pelos servidores ao sindicato, para atualização do sistema, uma vez que os descontos são feitos em folha de pagamento.

“A documentação apresentada não me convenceu da existência do fumus boni juris, uma vez que a parte Impetrante não demonstrou de forma cristalina a irregularidade no ato administrativo praticado pela autoridade Impetrada, bem como não acostou documentos capazes de evidenciar a aludida conduta maliciosa atribuída ao agente público”, escreveu o magistrado na decisão.

O juiz ainda pontua que o mandado de segurança impetrado pelo sindicato não é a forma correta de ação, já que a entidade não apresentou fundamentos relevantes que pudessem justificar a liminar pela justiça.

“Portanto, ante a ausência de um dos requisitos ensejadores para a concessão da medida liminar, qual seja o fumus boni iuris, impõe-se o indeferimento da medida”, afirmou Seror.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet